Burger King testa delivery no trânsito

Burger King testa serviço de entregas para carros em engarrafamentos no México.

Conteúdo Portal Mie- A Cidade do México é uma das que tem o pior trânsito do mundo. Em média, uma pessoa adulta passa 5 horas no trânsito todos os dias.

Ficar parado no trânsito é o pesadelo de qualquer motorista, ainda por cima com fome.

Pensando nisso, o Burger King testou um serviço inusitado e inovador. Trata-se do Traffic Jam Whopper, o serviço de entregas de moto para motoristas no trânsito.

A rede realizou os testes para usuários que pediram o sanduíche Whopper através do aplicativo do Burger King.

Para funcionar com precisão, o aplicativo utiliza a tecnologia do GPS para localizar o carro mesmo em movimento.

A rede usa os dados coletados em tempo real para detectar potenciais clientes e enviar mensagens sobre o engarrafamento, uma forma de encorajar o cliente a realizar o pedido.

Além disso, o Burger King instalou painéis eletrônicos que mostram o tempo estimado de congestionamento pela cidade.

Uma estratégia de marketing para incentivar o download do aplicativo.

Adaptações para a entrega mais rápida

Na Cidade do México, há um estabelecimento do Burger King a cada 3km.

O aplicativo escolhe a loja mais próxima ao motorista para tornar a entrega mais rápida.

Segundo o vídeo explicativo, o aplicativo funciona em conjunto com o Google Maps e recebe informações em tempo real do congestionamento.

O pedido pode ser feito por voz, o que não desconcentra o motorista.

 

 

Uma incrível estratégia de marketing

Segundo o site Food & Wine, os testes foram um sucesso. Os pedidos aumentaram 63% em uma semana e a taxa diária de download do aplicativo da marca subiu 44 vezes.

O app se tornou o líder dos aplicativos de gastronomia na região.

O sucesso foi tão grande que a empresa está analisando fazer os testes em outras cidades, como Los Angeles, São Paulo e Xangai.

Este é um serviço muito conveniente principalmente nos países com maior trânsito.

Todo o trâmite é feito pelo aplicativo, inclusive o pagamento, então fica muito fácil pedir e receber o produto.

O serviço seria muito bem-vindo no Japão. Contudo, seria necessário revisar as leis de trânsito e verificar se seria legalmente aceito.

Baixe a Planilha de Cadastro de Produtos