Certificado a1 e a3: Veja a diferença entre eles

O que é certificado a1?

O certificado a1 é um arquivo com a assinatura digital de uma pessoa jurídica ou física e  funciona com uma validade jurídica, garantindo transições e serviços via internet.

A principal função dele é assinar as Notas Fiscais Eletrônicas, Cupons Fiscais Eletrônicos os Comprovantes de Transporte Eletrônicos.

Além disso, este documento permite assinar e enviar outros registros online, como petições, por exemplo.

Por fim ,o uso do a1 permite fazer login em ambiente seguros, possibilitando que você navegue pela sua conta bancária ou envie declarações de imposto de renda.

Como adquirir o certificado a1?

Para adquirir o seu certificado a1, é preciso acessar o site de uma Autoridade Certificadora (AC) e comprar o documento.

Além disso, você vai precisar fazer um atestado direto na Associação dos Contabilistas da sua cidade, pelo site do Serasa ou nos Correios.

Depois da compra, leve todo os documentos exigidos para uma Autoridade de Registro (AR) credenciada para fazer a identificação presencial.

Quando você solicita o a1 pela internet, as próprias AC disponibilizam listagens de postos de atendimento na sua região.

Lembrando que o contador, dono ou responsável legal da empresa que deve levar todos documentos exigidos conforme o tipo de certificado escolhido.

Normalmente, são necessários apenas alguns registros da empresa, mas podem variar de acordo com o tipo de entidade.

O representante também deve levar seus títulos, como identidade, cpf e afins. Depois desta avaliação, o certificado a1 já pode ser emitido sem nenhum problema.

Como instalar certificado digital a1?

Por ser um arquivo com assinatura digital, o certificado a1 deve ser instalado.

O processo é bem simples e o primeiro passo é fazer o download em um dos sites que oferecem o serviço, como: Certisign, Correios, Serasa  e Sindilojas.

Abaixo iremos mostrar a instalação por meio dos Correios. O processo é parecido em outros sites homologados, então pode seguir o mesmo passo a passo. Confira:

Para uma melhor instalação, é indicado que use o navegador Google Chrome ou Mozilla Firefox e que tenha Java – versão 7 ou superior.
  • Acessar o endereço http://certificados.serpro.gov.br/arcorreiosrfb;
  • Selecione a opção <Meu Certificado> <Instalar>;
  • Informe o Número de Referência (Termo de Titularidade); Código de acesso (código gerado automaticamente pelo sistema e enviado no e-mail de Solicitação do Certificado) e Senha (Criada pelo usuário no momento da solicitação);
  • Clique no botão Continuar.
  • Será apresentada a tela “Instalação de Certificado – Geração do Par de Chaves/Certificado”, com as informações do Pedido do Certificado.
  • A aplicação sugere um local em seu computador para gravar o certificado, que pode ser alterado (guarde o endereço desse local, será nesse local que o seu certificado será criado);
  • Se o caminho não for alterado o sistema irá gravar o certificado no local sugerido e criará um nome para o certificado, tudo de forma automática.  Se o usuário alterar o local da gravação do arquivo, deverá ser criado um nome para o certificado digital, lembrando de informar a extensão .p12;
  • Defina uma senha para o certificado com 6 caracteres e clique em <Salvar Certificado>;
  • Ao final do processo o sistema exibirá a mensagem “Seu Certificado foi instalado com sucesso”;
  • Após essa mensagem o certificado deverá ser instalado no navegador, localize o certificado e dê um duplo clique para iniciar a instalação no browser. Avance até a conclusão do processo.

Observações:

Você só conseguirá instalar o a1 depois da autorização na agência dos Correios e do recebimento de e-mail de confirmação.

Além disso, ele é protegido por uma  senha definida no momento de sua instalação. Então faça uma cópia deste arquivo e guarde em local seguro.

O certificado poderá ser usado em outro equipamento, bastando apenas copiá-lo para outro computador e importá-lo para ser reconhecido pelo navegador.

Se necessário instale as “cadeias de certificados”, disponível em http://certificados.serpro.gov.br/arcorreiosrfb  à Repositório à Cadeia de Certificados.
 

 

O que é certificado a3?

O certificado a3 é um pouco diferente e funciona como uma chave que é gerada por um cartão ou token.

Isso quer dizer que a geração dele é feita via hardware e precisa ser protegida pela empresa para a utilização em qualquer computador.

Diferente do a1, este tem a validade de 36 meses, podendo ser usado individualmente em e ao mesmo tempo em cada equipamento.

Esta opção é considerada bem seguro, por isso vem sendo cada vez mais adotada pelas empresas.

Como instalar certificado digital a3?

O processo para instalar e baixar o certificado digital a3 é um pouco diferente se for comparado ao a1.

Todavia, você também vai precisar ter o Java – versão 7 ou superior e, além disso, um driver instalado do token ou smart card.

O recomendado é que faça toda a operação pelo Chrome, versão 33 ou superior; Firefox, versão 17 ou superior ou Internet Explorer (IE),  versão 7 ou superior.

Novamente iremos mostrar o passo a passo de instalação fornecido pelos Correios. Veja abaixo:

  • Depois da autorização e recebimento do e-mail de confirmação enviado pelo órgão, você está liberado para instalar o a3;
  • Após isso, conecte o seu token ou smart card no computador;
  • Selecione a opção <Meu Certificado> <Instalar>;
  • Informe:
    • Número de Referência (Termo de Titularidade).
    • Código de acesso (código gerado automaticamente pelo sistema e enviado no e-mail de Solicitação do Certificado).
    • Senha (Criada pelo usuário no momento da solicitação).
  • Clique em Continuar;
  • Será apresentada a tela “Instalação de Certificado – Geração do Par de Chaves/Certificado”, com as informações do Pedido do Certificado e mídia inserida no computador;
  • Informe o PIN do dispositivo criptográfico e clique no botão <Instalar Certificado>;
  • O certificado será emitido e este procedimento poderá demorar cerca de quatro minutos;
  • Ao final do processo o sistema exibirá a mensagem “Seu Certificado foi instalado com sucesso”.

Observações:

Você deve instalar o certificado a3 em um computador diferente do que foi usado na solicitação.

Com este documento não é possível gerar cópia de segurança, então, para utilizá-lo em outro computador, é preciso fazer a instalação do software gerenciador do dispositivo (driver).

Diferenças entre a1 e a3

A principal diferença entre os dois certificados é que o a1 é um documento eletrônico, que deve ser inserido em um servidor e com extensão P12 ou PFX.

Além disso, ele não necessita de senha e nem de inserção no sistema operacional, podendo ser usado em computadores diferentes de forma simultânea.

Ele é muito usado na emissão de Notas Fiscais Eletrônicas (NF-e) e Nota Fiscal ao Consumidor Eletrônica (NFC-e).

Já o certificado a3 não exige instalação no computador ou sistema operacional.

Para ser validado, é preciso ter apenas um dispositivo físico, como token, pendrive ou cartão com leitor digital, e usar uma senha de acesso.

Todavia, não é tão versátil quanto o ai, e pode ser utilizado somente em um programa ou computador de cada vez.

Seu custo também é algo que deve ser levado em consideração, já que os valores podem chegar até R$405.

Em geral, ele é recomendado para empresas que estão precisando declarar operações imobiliárias, escrituração contábil online ou realizar serviços de integração com comércio exterior.

Como testar certificado digital?

Assim que você adquirir um certificado digital, é indicado faça um teste para garantir que tudo está funcionando da maneira correta.

Para isso, é necessário seguir os procedimentos descritos abaixo:

1º) Acesse o link a seguir para ter acesso à página de teste do Portal eCAC: https://cav.receita.fazenda.gov.br/eCAC/publico/login.aspx

2º) Clique na imagem “Certificado Digital” à direita da página para iniciar o teste.

3º) Selecione o certificado que deverá ser testado.

4º) Insira a senha PIN do Certificado Digital.

5º) A confirmação de que o certificado está funcionando e corretamente instalado aparecerá na tela seguinte, onde você poderá ver as informações do titular do certificado, conforme imagem a seguir:

6º) Caso o certificado não seja exibido no passo 3, é bom verificar se ele foi instalado corretamente.

 

Conheça o sistema ideal para o seu restaurante