QUERO FALAR COM CONSULTOR

Gestão de rede de restaurantes: conheça o poder da checklist

Gestão de rede de restaurantes: conheça o poder da checklist

Fazer a gestão de uma rede de alimentação é um desafio marcado pela alta concorrência no setor. Com o crescimento do mercado, garantir a padronização e o padrão de qualidade se torna fundamental. Afinal,  basta um pequeno deslize e um estabelecimento pode perder um cliente para sempre.

Para organizar melhor sua rotina, desde o recebimento de mercadorias, a dica é listar as prioridades de sua rede de alimentação. Com a ajuda de uma checklist é possível facilitar o controle dos processos, reduzir possíveis falhas e até mesmo o esquecimento.

 

Como funciona mesmo uma checklist?

Em tradução livre, checklist significa lista de verificação.

Funciona como um lembrete sobre o que é preciso para concluir cada atividade a ser realizada. Sempre que uma ação é terminada, basta marcar que foi concluída e passar para o próximo item da lista de prioridades.

“Qual checklist pode melhorar a gestão da minha rede de alimentação?”

Para otimizar processos cada estabelecimento pode conter uma série de listas de checagem. Listamos a seguir as sete principais delas. Fique por dentro!

  1. Equipamentos

Checklist destinada a verificar se os equipamentos necessários para a produção dos alimentos e atendimento aos clientes estão funcionando corretamente.

  1. Ingredientes

Já pensou se uma de suas unidades recebe um cliente que pede um produto do cardápio, mas está sem os ingredientes? Das duas, uma: ou o consumidor vai aceitar ou vai se irritar.

Para evitar qualquer problema, não deixe de fazer uma checklist sobre os ingredientes que precisa usar diariamente.

  1. Mercadorias

Além de verificar ingredientes, é preciso olhar para as mercadorias que a sua rede de alimentação precisa para que funcione.

Como todo estabelecimento recebe periodicamente mercadorias é preciso fazer uma checklist das notas fiscais e se recebeu o que foi pedido. Observe também a integridade dos produtos. Só não esqueça de controlar as datas de validade para riscar suprimentos vencidos de seu estabelecimento.

Outra checklist relacionada às mercadorias e que merece a devida atenção para evitar qualquer confusão diz respeito ao armazenamento das mercadorias. Cada ingrediente possui as devidas especificações para que possa ser guardado sem que estrague.

  1. Higiene

Fazer uma checklist de higiene é uma via de mão dupla. Evita problemas com a Vigilância Sanitária e melhora a impressão dos clientes sobre a sua rede de alimentação. Afinal, as condições de higiene são essenciais para que consumidores possam depositar a confiança nos produtos que oferece. Concorda que poucas pessoas topariam fazer uma refeição em um restaurante sujo?

  1. Segurança

A segurança do trabalho também deve ser lembrada para evitar imprevistos. O que previne acidentes de trabalho e evita multas do Ministério do Trabalho.

Todos os procedimentos exigidos por lei precisam ser seguidos. Por isso, inclua cada um deles na sua checklist de segurança.

  1. Estrutura de atendimento aos clientes

Oferecer um bom atendimento ao cliente é um dos principais ingredientes para o sucesso de uma rede de alimentação. Algo que deve ser padronizado e respeitar o respectivo padrão de qualidade.

Por isso, faça uma checklist para organizar a estrutura onde vai receber seus clientes. Essa lista de atividades pode ajudar, inclusive, o pessoal da limpeza a adotar um procedimento padrão para preparar o ambiente.

  1. Processos administrativos

O controle financeiro também pode ter suas próprias checklists. O que descomplica a gestão do fluxo de caixa, folha de pagamento e tributos.

O que você precisa considerar ainda é que, mesmo pertencendo à mesma rede de alimentação, cada estabelecimento tem suas particularidades. Por isso, existem ainda outras checklists personalizadas que podem ser planejadas conforme as necessidades de sua gestão.

 

Saiba Como Tornar seu Restaurante Mais Eficiente