Comanda de papel, eletrônica e digital: Qual o tipo certo?

Você vai precisar de uma comanda se quiser gerir corretamente o seu restaurante!

Que tipo de comanda você usa? Ela está ajudando no seu negócio? Já pensou em mudar para uma opção mais barata?

Hoje em dia está muito mais fácil de escolher o meio como você anota os pedidos dos clientes.

Mas independente do estilo, é preciso trabalhar para dar o máximo de agilidade e certeza ao seu freguês, afinal de contas, um restaurante também precisa de bom atendimento.

Seja comanda de papel, eletrônica ou digital, também é importante se adequar ao que funciona melhor para o estabelecimento.

Quer saber mais? Então confira abaixo algumas dicas e vantagens sobre estas ferramentas!

Como funciona a comanda de papel?

Mesmo com a sua versão digital, a comanda de papel permanece sendo um dos instrumentos mais populares e utilizados em bares, restaurantes e lanchonetes.

Contextualizando rapidamente, esta ferramenta funciona como um suporte para anotações de pedidos e serve para guiar a produção dos pratos e o destino de cada um deles.

A principal função dela é justamente evitar que o cliente receba o prato errado ou com algum ingrediente indesejado.

Justamente por ter anotação à mão, com o tempo, a comanda de papel passou a ser substituída por comandas eletrônicas, que são menos suscetível a erro.

Isso não quer dizer que você deve abandonar o modelo clássico. Pode continuar utilizando se estiver funcionando para o seu comércio.

Outro benefício da ferramenta é o seu custo, que normalmente é menor do que a versão eletrônica.

Sendo assim, a versão é papel pode ser uma boa opção para quem não quer gastar muito e deseja algo bem simples.

Não tem problema nenhum de permanecer utilizando a comanda de papel desde que esteja funcionando bem para o seu estabelecimento.

Como criar comanda de papel?

Como cada restaurante tem o seu próprio cardápio e estilo de atendimento, não existe um modelo específico para criar comanda de papel.

Todavia, é possível encontrar padrões, que funcionam na grande maioria dos restaurantes e semelhantes.

Então, se você mesmo for criar, faça duas colunas: uma com todos os seus produtos e a outra com um espaço para anotar as quantidades.  

Independente do estilo do seu negócio, você deve sempre organizar o tipo de serviço oferecido.

Indique o tipo de comida que é servido: a la carte, buffet livre, prato do dia, marmitex, por exemplo.

E, se caso, você sirva drinks, copos ou garrafas de bebidas, é importante especificar dentro da comanda. Coloque as medidas e a variação se houver.

Criar comanda de papel só depende das especificações bem básicas, que só dependem apenas da sua organização.

Comanda de papel: Por que não usar?  

Embora a comanda de papel tenha suas vantagens, como um custo mais acessível, ela ainda disponibiliza poucos recursos para um atendimento eficiente.

A versão impressa com campos em branco, por exemplo, é um caso perfeito do barato que sai caro.

Isso porque mesmo com espaço para anotações e customização, ela não é muito eficiente para o garçom, que perde tempo escrevendo a mão cada observação do cliente.

Esses segundos, ou até minutos, que são perdidos com anotações podem ser determinantes para a queda do seu faturamento.

E no caso da comanda de papel com discriminação por produto não é diferente.

Mesmo com os campos previamente preenchido, se o cliente quiser fazer alterações no pedido, o garçom terá mais trabalho para encaixar a observação no papel.

Comanda eletrônica: Como funciona? 

A comanda eletrônica é um tipo de cartão de identificação com número ou código de barras.

Nele são registrados os números dos pedidos e, desta forma, substitui as antigas comandas de papel.

É importante saber o que é este recurso e como ele funciona, pois pode acabar sendo um benefício ou um empecilho para você.

A maior vantagem deste produto é a diminuição de erros nos pedidos. Sem contar que o restaurante acaba ganhando mais tempo em outros processos.

Se o seu restaurante for de médio ou grande porte, é muito indicado que contrate um sistema de comanda eletronica, como o da Saipos.

Sistema de comanda eletrônica  

Um sistema de comanda eletronica tem uma funcionalidade muito simples e serve para qualquer tipo de restaurante, especialmente os de médio e grande porte.

O indicado é que  você comece a usá-la assim que o cliente entrar no local. Então, quando um freguês chegar, dê a ele um dos cartões eletrônicos. 

Além disso, é comum que os garçons usem tablets ou smartphones para anotar o pedido, enviando tudo em tempo real para a cozinha.

Quem optar por um sistema de comanda eletronica, tem este processo agilizado.

Sem contar que ele ainda permite que o garçom possa atender outros clientes sem precisar ir até a cozinha entregar as anotações.

Para ter tudo isso, basta você contratar um software de gestão para restaurante, como o da Saipos. 

Vantagens de ter comanda eletronica

Entre os benefícios da comanda digital para restaurante está o fato de utilizar apenas uma para atender várias pessoas.

Você pode anotar tudo em um único lugar e ainda dividir tudo igualmente, sem precisar quebrar a cabeça para saber o que cada um deseja pagar.

É preciso investir um pouco para ter tudo isso sim, mas pense pelo lado facilitador: o atendimento no caixa ficará bem mais rápido.

Esta tecnologia chegou para ficar e substituir as comandas impressas, que sempre eram perdidas.

Não é só a experiência do seu cliente que irá mudar para melhor, mas o serviço para os seus funcionários e o funcionamento do seu restaurante.

1. Agilidade no atendimento

Você vai ganhar mais tempo para as outras tarefas do seu restaurante com o uso do sistema de comanda eletronica.

Com isso em uso o garçom não precisa mais ir até a cozinha levar o pedido. Sem contar que é muito mais fácil selecionar os itens em um catálogo do que anota em um papel.  

Sem contar que ainda vai receber pedidos com mais agilidade e diminuir os riscos de anotar algo errado.

2. Reduz os erros do pedido

Ninguém gosta de errar um pedido e a melhor forma de reduzi-los é contratar um sistema de comanda eletronica.

Com ele em jogo esses erros podem reduzir muito. Isso acontece porque os pedidos são cadastrados.

E não tem como o item do menu ser confundido no sistema.

Desta forma o restaurante trabalha muito melhor e atrai mais clientes pela qualidade no atendimento.

3. Informações mais detalhadas para a equipe

Um sistema de comanda eletronica permite que toda a sua equipe saiba as informações detalhadas do seu restaurante.

Por ser funcionar em tablets, fica muito mais fácil confirmar algo, já que está tudo nas pontas dos dedos.

Com isso, o local pode fazer um levantamento com a equipe sobre as dúvidas dos pratos vendido, permitindo que o cliente consiga sanar a sua curiosidade quando perguntar algo.  

4. Fechamento de caixa simplificado

Quando se tem um sistema de gestão para restaurante com comanda eletronica, como o da Saipos, você passa a fechar o caixa de um forma muito mais simples.

É comum que sistemas desse tipo permitam que o pagamento seja feito separadamente.

Ou seja, não é mais preciso subtrair ou  dividir o valor para chegar ao resultado de cada um.

O caixa vai funcionar de uma maneira quase automática, diminuindo também as chances de somas erradas que causam os famosos prejuízos.

Saia do arcaico e experimento o sistema de comanda eletronica da Saipos. Ele é simples, fácil e ágil!

O que é comanda digital para restaurante?

Em primeiro lugar, é importante saber o que é uma comanda digital, já que esta é uma ferramenta ainda nova no mercado.

Basicamente, este produto funciona a partir de um celular ou tablet. Então, ao invés do papel, os pedidos são anotados por um desses aparelhos.

Para usar esse recurso é preciso contratar um  software para restaurante que trabalhe com essa modalidade, como a Saipos. 

Ou, quem preferir, ainda pode fazer uso de aplicativos que existem no mercado.

Dentro deste conceito, existe a comanda eletrônica, que não é a mesma coisa e muitas pessoas acabam confundindo.

Comanda digital para restaurante: Como usar?

A comanda digital funciona por meio de um aplicativo ou sistema para restaurantes, mas o seu funcionamento não muda muito de um meio para o outro.

A automatização do serviço funciona como uma transmissão, que leva o pedido do cliente diretamente para a cozinha.

Podendo ser feito via smartphone ou tablet, o processo oferece uma incidência de erros muito menor.

E, para usá-lo, basta registrar o cardápio do local e selecionar o que o cliente deseja. Dentro do sistema é possível alterar algum ingrediente e anotar as quantidades.

Funciona exatamente como a versão em papel, porém de um modo muito mais rápido e com benefícios. Veja:

  • Menor margem de erros na produção dos pedidos, já que as vezes a cozinha não entende a letra do garçom;
  • Fechamento da conta mais ágil, pois o próprio garçom pode fazer o fechamento do pedido e da conta;
  • Maior volume de vendas a partir da venda orientada, ou seja, quando o garçom adiciona um item ao pedido, ele obriga o garçom a fazer algumas perguntas para o cliente antes de adicionar.

Software de restaurante

Um software de gestão para restaurante não vai ajudar apenas na comanda eletronica, mas sim em diversos outros processos do seu dia a dia.

Além de ser prático, o sistema acaba se tornando mais barato, já que com ele você ganha tempo.

No caso da comanda eletronica, você ganhando mais dinheiro, pois o papel acaba deixando margem para furos de caixa e para demais erros.

A versão eletronica realmente agiliza o seu negócio e ainda ajuda no controle financeiro, que essencial para qualquer gestor que preza pelo  lucro.

Conheça o sistema ideal para o seu restaurante