Comfort Food

Comfort Food que é, como surgiu e como tirar proveito do Comfort Food no seu restaurante

Comfort food é aquela que, acredito que pra maioria das pessoas, nunca saiu de moda. É aquela comida que traz uma nostalgia da nossa infância, lembra aconchego, o cheiro da casa da mãe enquanto cozinhava, aquela comida preparada de forma simples e com muito amor. É a comida que mexe com nossas lembranças e traz uma sensação de paz e bem-estar.

O modo de preparação do comfort food

Acredita-se que o modo de preparação do comfort food seja da cozinha moderna, ou seja, do início do século XXI, como uma outra maneira de alimentação saudável. E melhor do que isso, é uma forma de voltarmos às nossas origens quando mães, avós e tias faziam aquelas comidas gostosas com carinho e com amor para todos que compunham a família.
Um exemplo, do conceito do comfort food são as reuniões das famílias italianas que conta com as mamas e nonas para fazerem aqueles banquetes maravilhosos.

Comfort Food x Fast Food

O termo Comfort food vem na contramão do fast food ou das receitas muito produzidas A ideia é que seja simples porém uma comida muito boa e gostosa.

Os especialistas em comida creem que não só o que você come, mas o modo de preparação e a FORMA como você come tem vasta influência na sua saúde. Como por exemplo, se alimentar com pressa ou não olhar com atenção a comida e no momento de fazer suas refeições.

Cure a ansiedade com Comfort Food

Em momentos de grande ansiedade e solidão, a busca por alimento é instintiva. O ato de comer preenche espaços, inclusive no coração, matando a saudade e a tristeza.

Então por ser um movimento novo, nos permite um leque de possibilidades  para inovações e descoberta de novos pratos ou outras releituras de alimentos caseiros que possam ter o sabor, o aroma e as características das grandes refeições familiares.

Apenas relembrando a origem do Comfort Food

O Comfort Food é um termo de origem norte americana que pode ser traduzido como “Comida de Conforto”, também denominada “Comida Emocional”, e tem relação com os reflexos emotivos proporcionados pela alimentação: aquela sensação de conforto e satisfação que temos ao experimentar a notável refeição da vovó ou uma taça grandiosa de doce.

Os alimentos são as cada vez mais frequentes fontes de satisfação é neles que encontram-se o conforto, a calmaria e o bem estar que tanto precisam diante da vida atribulada de hoje.

Comfort food gera sentimentos prazerosos

A comfort food é a alimentação emotiva que gera sentimentos mais prazerosos e evoca a satisfação e o bem-estar associado à infância, à história de uma vida. Uma tendência forte que começa a se popularizar no Brasil, num contraponto ao fast food e à racionalidade dos alimentos práticos nos quais os benefícios à saúde são o chamariz. Ex.: doce de colher e bolinho de arroz.

Comfort food como alimentação saudável

Não é de hoje que grande parte das pessoas se importa com a alimentação. Mesmo aqueles que possuem vasta força de vontade e determinação para manter uma vida saudável às vezes deixa as emoções e necessidades  tomarem conta do equilíbrio em busca de prazeres.

Dessa forma foram vistos quais os alimentos são pretendidos e porque seriam eles os selecionados, para saciarem toda essa ansiedade, angústia, tristeza,medo, estresse da contemporaneidade

As emoções agem efetivamente em nosso corpo e mente

A partir daí entende-se que procuramos sempre algo que nos equilibre seja na realização em uma canção, nas artes, na natureza…mas, o cada vez mais buscado é o alimento, a comida que nos preenche e nos acalma, que nos traz conforto.

Estes são os denominados comfort food. Brian Wansink, professor de marketing Ph.D., da Universidade de Illinois ensina que as pessoas cognitivamente relacionam relevantes situações do passado com alimentos específicos.

O desejo de um doce por exemplo, pode significar a vontade da liberdade que um indivíduo possuía quando criança, dos dias de passear no parque.

Cuidado é sempre importante

Nesse caso, a atenção deve ser redobrada pois o alimento de espírito nem sempre é bom para o corpo, principalmente quando recheados de gorduras e açúcares simples, consequentemente calóricos, influenciando de forma negativa na alimentação saudável.

E quem não acredita que aquela comidinha com sabor de infância, geralmente caprichada no carboidrato, faz bem a nossa saúde?

Conheça o sistema ideal para o seu restaurante