Como aumentar o preço do cardápio?

Uma hora você vai precisar aumentar o preço do cardápio!

Nos últimos tempos não tem sido nada fácil manter um restaurante, bar, lanchonete ou delivery no azul.

É claro que o seu cliente deve ser prioridade, mas chega uma hora que as estratégias com promoções já não são mais tão eficientes.

Saiba como aumentar o preço do cardápio para deixar o seu negócio com uma boa saúde financeira.

Busque por alternativas que beneficiem o estabelecimento e que, ao mesmo tempo, não mande a clientela embora.

Existem boas maneiras de fazer isso sem sair prejudicado. Confira abaixo a forma correta de reajustar seu menu sem prejudicar o público:

Dicas de como aumentar o preço do cardápio

Às vezes pode ser difícil saber como aumentar o preço do cardápio, principalmente no caso de restaurantes muito tradicionais, que operaram com o mesmo valor há muito tempo.

De toda a forma, uma hora ou outra esse momento vai acontecer e você deve se preparar para isso.

Lembre-se que isso não impactar somente no financeiro do seu negócio, mas também no bolso do seu consumidor.

Confira agora algumas dicas para subir os valores de forma consciente:

1- Pesquise e conheça o seu mercado

A primeira coisa a se fazer para aumentar o preço do cardápio é analisar o perfil da sua clientela.

Veja se com a alteração os clientes não irão para a concorrência e o seu produto, de fato, irá oferecer algum diferencial.

Incentive o consumo dentro do seu restaurante. Se outro local apresentar o mesmo que você e com um valor menor, é lógico que o público vai trocar de casa.

Procure ser inovador e sincero com o consumidor. Explique o motivo do aumento, dê informações a ele.

Desta forma, você consegue uma aproximação mais pessoal, já que dá uma justificativa.

2- Seja confiante na hora de aumentar os preços

Você, dono ou gerente do estabelecimento, deve ser confiante na hora de aumentar o preço do cardápio.

Escolhas desse tipo irão determinar o futuro do restaurante e por isso devem ser pensadas muito bem.

Quando o momento chegar, use toda a experiência que adquiriu durante o tempo de trabalho nessa área.

Confie no seu potencial e instinto para desenvolver um projeto sólido, que consiga ajudar na sua necessidade.

Claro que é sempre bom consultar um profissional da área de finanças, como o seu contador, para ajudar.

O principal nisso tudo é permanecer confiante e pensar em como o seu negócio pode melhorar. Corra atrás!
 

 

3- Não seja tão radical

Quando se trata de alterações no cardápio, muitas dúvidas entram em jogo, já que este é um fator determinante para manter o público.

Dentro disso, o maior erro cometido é ficar com medo de mudar quando o concorrente não está fazendo o mesmo.

Não se prenda a isso! Cada local tem um modo de operar e uma necessidade diferente. Se guie a partir do que está faltando no seu estabelecimento.

E não adianta colocar os preços muito baixos. Seja inteligente e use estratégias que irão gerar benefícios você e o cliente.

Qualquer medida aplicada terá um impacto diferente e nem sempre ele será positivo. Estude e pesquise para ser o mais assertivo possível.  

4- Recompense os clientes

Os clientes não vão gostar de ver um cardápio mais caro no seu restaurante. Então, para evitar perdas, trate de fidelizar as pessoas.

Elabore uma estratégia para que não abandonem o estabelecimento mesmo com mudanças.

Em casos desse tipo, as promoções, ou até combos, podem ser de grande ajudar. Apenas tome cuidado para não ficar no prejuízo.

Seja criativo quanto a isso e use as redes sociais como uma forma de atrair mais gente. Quando se trata de cativar o público, tudo é válido!

5- Comunique os clientes

Não importa de quanto seja o aumento do preço do cardápio, você deve informar o cliente de toda a forma possível. Ele jamais deve ser pego de surpresa!

Faça um esclarecimento sobre o motivo da mudança e, caso possua alguma rede social, anuncie nela também.

É fundamental ser o mais transparente possível em uma hora dessas, então, seja cortês, agradeça a compreensão e jogue limpo.

Humanize o seu negócio. Atitudes como essa fazem com que a sua ligação seja mais forte com freguês.

Como saber se é a hora de fazer a mudança?

O tempo exato para aumentar o preço do cardápio pode variar conforme a situação do local, então não existe um momento específico.

O ponto principal é perceber quando isso é necessário. Mantenha uma rotina de análise interna, sobre a condição financeiro e de produção do local.

A melhor forma de se preparar para isso é manter um planejamento atualizado do seu funcionamento.

Controle o fluxo de cliente, de produtos e, principalmente, de caixa. Com essas anotações você consegue ter uma ótima noção de quando mudar seus valores.

Quais os impactos de aumentar o preço do cardápio?

Em alguns casos, mexer no cardápio acaba sendo a única solução de um determinado local.

Mesmo que não seja no valor, as modificações terão uma reação que nem sempre serão positivas.

Neste sentido, elas irão impactar diretamente na parte financeira, que pode ser em relação ao lucro ou, até mesmo, a perda de capital.  

Para descobrir o momento certo de fazer mudança, você deve observar como está o negócio.

Se ele não está tão bem quanto deveria, é sinal de que precisar de uma nova estratégia.

Comece pelo básico, fazendo levantamento das áreas com mais problemas. Caso isso não resolva, pode mexer no cardápio.

Aprenda como deixar seu restaurante mais eficiente