Como calcular a taxa de serviço?

O que é taxa de serviço?

Para quem não está muito habituado com o termo, a taxa de serviço é um valor cobrado pelo serviço prestado no bar, restaurante ou lanchonete.

Esta taxa também é encontrada em alguns hotéis e, normalmente, é conhecida por ser o famoso “10% do garçom”.

Ela é cobrada no total da conta do cliente e usada para remunerar ou complementar o pagamento do garçom que fez o atendimento.

Se o seu restaurante é desses que cobra pela taxa de serviço, é essencial que deixe isso bem claro ao cliente.

Sinalize isso com uma placa na entrada do seu estabelecimento. Ninguém gosta de ser pego de surpresa na hora de pagar a conta.

Como calcular a taxa de serviço?

Quando se trata de calcular a taxa de serviço, também conhecida como 10% do garçom, podem surgir muitas dúvidas.

Normalmente, a taxa de serviço é cobrada pelos restaurantes, bares ou lanchonetes no valor de 10%.

Então, se o cliente consumiu R$55, para calcular a taxa de serviço, basta somar mais 10%, totalizando R$60,50.

Ninguém é obrigado a pagar este valor, já que a remuneração da equipe é de responsabilidade do próprio restaurante.

Mas todos os estabelecimentos precisam informar previamente o consumidor que cobram a taxa de serviço.

É preciso apontar qual o percentual usado para calcular a taxa de serviço e esclarecer que o pagamento é opcional.

Qualquer cobrança obrigatória de taxa de serviço constitui prática abusiva, então fique esperto!

Nova lei da gorjeta

Em março de 2017, a Lei da Gorjeta sofreu algumas alterações. E agora o artigo 457 da CLT foi alterado para regulamentar a distribuição da gorjeta.

A lei ainda determina pontos em relação ao destino da gorjeta em aspectos internos e a captação pública de recursos.

Um dos principais pontos é o fato de que as gorjetas —taxa de serviço— precisam ser destinadas diretamente aos funcionários do local.

Todo o valor que for arrecadado deve sempre ser declarado no contracheque dos funcionários e, desta forma, incidirá nos impostos sobre a arrecadação da gorjeta.

E nos casos de gorjetas coletivas, ou seja, taxa de serviço coletiva, sem uma declaração nominal de quem receberá, é necessário definir a partir de um acordo entre os funcionários.
 

 

Quanto ganha um garçom?

Para você saber como calcular a taxa de serviço, é bom ter noção de quanto ganha um garçom, principalmente se você estiver montando um negócio agora.

Na grande maioria dos restaurantes, os garçons recebem o salário mais a taxa de serviço, que seriam os 10%.

De acordo com o CAGED, os profissionais da área recebem em torno de R$ 1.219,98 em uma jornada de trabalho de 43 horas semanais.

O valor ainda pode variar conforme as combinações entre o empregado e o local.

Em caso de horas extras, quando são ultrapassados mais de 8 horas de serviço, são pagos 60% sobre o valor normal de trabalho.

NCM da taxa de serviço

A taxa de serviço, ou o 10%, são tratadas como salário do seu funcionário, então deve estar contida na folha de pagamento.

O NCM trata apenas de produtos e mercadorias, então serviços deste tipo não precisam ser tratados com esta nomenclatura.

Se você preferir registrar a taxa de serviço com um valor de NCM, pode criar um código genérico (9999.99.99).  

Ele não existe na NCM, mas alguns locais e sistemas o cadastram para ter uma melhor controle.

Couvert Artístico

Se o seu restaurante, bar ou lanchonete conta com um couvert artístico, fique sabendo que o valor cobrado, normalmente na entrada, não está incluso nos 10%.

Além do valor cobrado como se fosse um ingresso, o couvert artístico também tem uma taxa de serviço que o cliente deve pagar.

E não esqueça de informar previamente sobre esta taxa ou de qualquer outro tipo de serviço.

Quando não é avisado ao cliente sobre coisas como essa, é considerado cobrança indevida.

Todo e qualquer estabelecimento deve apresentar cobranças de serviço logo na entrada e no cardápio especificando o valor, com letra legível e de fácil visualização.

 

Conheça o sistema ideal para o seu restaurante