QUERO FALAR COM CONSULTOR

7 dicas para evitar a contaminação cruzada

Como evitar a contaminação cruzada?

Existem diversas maneiras de como evitar a contaminação cruzada em um estabelecimento e nenhuma delas é um mistério ou algo do tipo.

A partir de 7 dicas simples é possível ter um ambiente limpo e muito bem higienizado. Veja quais são: 

  • Programação de limpeza;
  • Equipamentos de lavagem;
  • Higienização de todo o local;
  • Prevenção de Surtos Alimentares;
  • Higienize os alimentos;
  • Lave os alimentos em água corrente;
  • Retire as partes estragadas dos alimentos.  

Confira abaixo algumas dicas para deixar o seu restaurante livre de qualquer germe ou bactéria:

1. Tenha uma programação de limpeza

O que vai evitar qualquer contaminação em uma cozinha é a prevenção diária, que começa logo com a conscientização do que isso pode provocar.

E o primeiro passo para isso é conversar com toda a sua equipe de funcionários e explicar o impacto que a falta de higiene pode causar.

Nosso corpo carrega muitas bactérias durante um dia e dentro de uma lanchonete, por exemplo, isso pode ser uma grande ameaça.

Pequenas ações podem fazer grande diferença, como: 

  • Usar equipamentos necessários para manusear alimentos;
  • Prender os cabelos e usar uma toca para que nenhum fio caia;
  • Larvar as mãos várias vezes ao dia;
  • Usar luvas durante o manuseio dos alimentos.

2. Adquira equipamentos de lavagem

Saiba que, em vários casos, a contaminação cruzada pode acontecer por não haver equipamentos.

Monte um ambiente com pias para lavagem de mãos em pontos diferente e não limite o número dos instrumentos.  

Os funcionários devem ter tudo por perto, sem precisar se deslocar muito, para não deixar que qualquer tipo de vírus se espalhe.

Além disso, os alimentos não podem se misturar. Se eles forem guardados juntos, um pode contaminar o outro e estragar os seus pratos.

Cada tipo de comida deve ser manuseado e preparado em um recipiente diferente, que também precisa estar devidamente higienizado.

Lembre-se também que todo o utensílio utilizado deve ser enviado para a pia de lavagem, nada de deixá-lo sujo na bancada.

3. Higienize os locais e utensílios várias vezes ao dia

Evitar a contaminação cruzada nada mais é do que manter tudo no seu restaurante devidamente limpo.

Nem sempre é possível fazer uma higienização tão boa assim, até o porquê o dia a dia de um estabelecimento é muito corrido.

Mesmo assim, procure combinar um tempo com a sua equipe para que tudo seja feito. Comece estimulando pequenas ações até virarem rotina.

Atitudes como essa evitarão problemas e irão garantir um fluxo de trabalho melhor e mais organizado.

A cozinha

Não deixe de dar atenção para a cozinha! Mantenha essa área impecável e longe de qualquer bagunça.

Você pode até manter os equipamento limpos e organizados, mas de nada adianta se o chão ou as panelas estiverem sujas.

O mesmo acontece com os alimentos. Você pode comprar todos com uma ótima qualidade, mas deve armazená-los separadamente.

Contatos inapropriados serão o seu grande inimigo na batalha contra germes, bactérias ou vírus. Neste caso, é melhor prevenir do que remediar.

Saiba como evitar a contaminação cruzada, inclusive na hora do preparo, com os truques abaixo:

  • Armazenar alimentos de origens diferentes em vasilhames diferentes, ou até mesmo em separações diferente no refrigerador;
  • Colocar alimentos crus ou cozidos em equipamentos limpos;
  • Higienizar as mãos entre as manipulações e antes de começar o trabalho;
  • Manipular alimentos de origens diferentes em tempos diferentes;
  • Utilização utensílios diferentes para cada prepara, como facas e tábuas, para a manipulação de alimentos crus e cozidos com a correta higienização entres os usos.

4. Prevenção de Surtos Alimentares

A prevenção de surtos alimentos por contaminação cruzada pode ser evitada a partir o uso correto das tábuas, talheres e até higienização das mãos.

É preciso apenas manter a limpeza para espantar qualquer tipo de infecção.  Adote as práticas e veja como será muito mais tranquilo.  

Além disso, é possível fazer treinamentos de incentivo com a equipe para mostrá-los como os cuidados são fundamentais.

A meta é não deixar que nada atrapalhe você, muito menos a sujeira.

5. Higienize alimentos

Outro ponto que precisa ser revisado é a parte de como higienizar os alimentos, já que eles são os principais responsáveis pelas contaminações.

Mas retirar as impurezas da comida não basta apenas lavar as mãos, existem outros processos que você deve saber.

Confira abaixo a maneira correta de como armazenar e higienizar todos os seus produtos:

6. Retire as partes estragadas dos alimentos

Sempre que chegar qualquer insumo no seu restaurante, certifique-se de que ele está em um bom estado.

É bem comum que isso aconteça com os legumes que tem folhas danificadas. Em casos como este, tire a parte que está machucada e lave bem.

Os pedaços que não estão muito bons podem ser indícios de bactérias ou algo do tipo, por isso é importante removê-los.

7. Lave tudo em água corrente

Durante o processo de carregamento, algumas frutas e verduras carregam microrganismos que podem, ou não, causar danos.  

Desta forma, a única solução para eliminar e evitar a contaminação cruzada no seu restaurante é lavar tudo em água corrente.

O processo pode levar um tempo, mas é melhor prevenir do que remediar. E não esqueça de fazer o mesmo com os utensílios de cozinha.

Eles também precisam ser bem higienizados e devem secar naturalmente, assim como as mercadorias.

 

Como conservar alimentos em restaurantes?