QUERO FALAR COM CONSULTOR

Na dúvida de como montar um cardápio? Confira 7 dicas

Selecionamos 7 dicas de como montar um cardápio apetitoso, inteligente e de fácil compreensão.

Como montar um cardápio?

O cardápio tem função primordial em um restaurante – é um dos seus principais instrumentos de marketing.

Veículo de informação, venda e publicidade, tem como objetivo auxiliar os clientes na escolha de pratos e bebidas.

Deve ser cuidadosamente planejado e elaborado, pois transmite a imagem do estabelecimento para o consumidor. Veja como montar um cardápio incrível!

  1. Crie seus pratos com inteligência

Ao criar o menu do seu restaurante, é extremamente importante que você o faça com inteligência.

Muitas vezes o empresário quer variar muito o seu cardápio e acaba tendo que manter estoque de produtos de baixo giro e que expiram rapidamente, aumentando a perda e desperdício.

É possível variar, mas sem a necessidade de ter tantos produtos diferentes em estoque.

Um exemplo seria uma salada Caesar de frango, na qual se você utilizar um ou dois ingredientes diferentes e um tempero a mais, você pode ter outro prato no seu menu com praticamente os mesmos insumos.

  1. Alimentos de preparo rápido

Alimentos práticos e fáceis de serem preparados fazem da sua cozinha uma cozinha mais ágil e eficiente.

Por isso, quando estiver elaborando seu cardápio pense no armazenamento dos produtos e fluxo de produção para que ao final, o seu cliente receba um prato delicioso e mais rápido do que imaginou.

  1. Mantenha o cardápio do seu restaurante atualizado

Geralmente, o cardápio dos restaurantes é atualizado 1 vez ao ano.

Reavalie os produtos mais vendidos e que devem ser mantidos no cardápio bem como os que podem ganhar substitutos ou serem modificados.

E não esqueça, os clientes gostam de novidades por isso procure inovar sempre!

  1. Atenção aos preços

Antes de precificar os seus pratos, considere o custo dos ingredientes para a produção, o custo administrativo (funcionários, luz, água, segurança…) e ainda a sua margem de lucro.

A margem varia muito de restaurante para restaurante.

De acordo com o serviço e público de cada um, mas de acordo com alguns especialistas, estima-se que o custo dos insumos não possa passar de 35% do seu valor de venda.

Ou seja, se um prato está sendo vendido a R$ 22,00, os insumos não podem custar mais de R$ 7,70.

Sabemos que não é possível prever quanto e quando seus fornecedores aumentarão os preços, mas pense e calcule bem os preços para não haver remarcações no seu cardápio.

Ele merece estar a altura do seu restaurante.

  1. Utilize fotos reais dos seus produtos

Mais do que nunca, faça fotos bem produzidas dos seus pratos. As pessoas precisam sentir desejo ao ver os seus pratos no cardápio.

Como a procura por esse tipo de serviço aumentou nos últimos anos, já é possível encontrar bons fotógrafos a preços acessíveis.

  1. Design é importante

Montar um cardápio apetitoso e bonito é essencial para um restaurante, por isso capriche no design.

Utilize letras simples, fotos bem produzidas e com layout moderno. Não utilize letras/fontes cheias de pernas e firulas.

Já existem ferramentas como o Canva que permitem que você mesmo crie um cardápio exemplar e de forma gratuita.

  1. Revisão final

Sei que você está louco para que seus clientes vejam seu cardápio novinho.

Mas, antes de realizar a impressão dele, ou de qualquer outro material impresso do seu restaurante, LEIA e LEIA DE NOVO.

Leia por diversas vezes para não ter que reimprimir tudo ou fazer aquelas correções toscas com caneta ou etiquetas.

O seu restaurante merece um cardápio sem rasuras ou imperfeições!

Baixe o E-book 11 Dicas para melhorar o Atendimento