FALE COM CONSULTOR SAIPOS

Como montar um restaurante de macarrão ao vivo?

Clique no banner e baixe grátis tudo que você precisa saber para tornar o seu negócio muito mais eficiente!

Como montar um restaurante de macarrão ao vivo?

Para saber como montar um restaurante de macarrão ao vivo, é necessário ter muito planejamento, agilidade, e um espaço que valoriza a produção das massas.

Esse tipo de restaurante tem sido cada vez mais comum, porque atende vários públicos e tem o preço acessível, bem ao contrário dos restaurantes a la carte.

Mas você sabe o que quer dizer macarrão ao vivo? Bom, nada mais é, que um buffet de acompanhamentos e molhos variados, com opções de alguns tipos de massa.

O legal é que, a proposta original desse modelo de negócio é mostrar para o cliente como o preparo é feito. 

Por isso, alguns locais tem a cozinha junto ao buffet, ou separada por uma grande janela de vidro, assim, é visível como os produtos são feitos.

O preço pode ser calculado como nos restaurantes a kilo, self service ou valor único por prato feito.

Agora que você já sabe qual é o conceito de macarrão ao vivo, que tal aprender como abrir o seu?

Fique atento as dicas de restaurante que a Saipos preparou pra você e boa sorte!

1. Planejamento

Se você quer abrir um restaurante de sucesso, precisa se planejar. Essa fase é a inicial para qualquer tipo de restaurante, ou até mesmo para quem quer abrir um bar ou lanchonete. 

Por isso, tente dividir o seu projeto em etapas. Não se precipite. É necessário ter calma para analisar as melhores possibilidades para o seu negócio.

Porém, planejar não significa só colocar as ideias no papel, o ideal é que você vá atrás daquilo que acredita que será importante para o seu restaurante.

Uma dica, é pesquisar no ranking de restaurantes do Brasil e se inspirar em ideias que deram certo.

E para deixar o seu negócio muito mais atrativo e competitivo, clique no banner e receba grátis o melhor ebook de como tornar seu restaurante mais eficiente.

2. Horário e local de atendimento

Como montar um restaurante de macarrão ao vivo corretamente envolve uma boa escolha de endereço.

Esse tipo de comida agrada vários públicos, mas o valor com certeza é bem atrativo.

Por isso, abrir o seu restaurante de massas em um centro da cidade, por exemplo, pode ser uma ótima sacada.

Assim, você consegue oferecer o seu cardápio para as pessoas que estão procurando um bom local para almoçar no intervalo do trabalho.

O horário do meio dia sem dúvidas é o mais movimentado para esse tipo de negócio de alimentação.

No entanto, você pode oferecer uma outra proposta a noite, visando um público mais seleto, e assim, poderá também ter um cardápio com acompanhamentos mais elaborados.

3. Legalize o seu restaurante de macarrão ao vivo

Antes de entender completamente como montar um restaurante de macarrão ao vivo, como você deve saber, é necessário providenciar uma série de licenças para restaurante.

Por isso, antes de marcar uma data de abertura, tenha certeza de que  todo o processo burocrático estará pronto até o dia marcado.

Mas para você ter uma noção do que vai precisar, reunimos alguns dos principais alvarás e documentos necessários para que tudo funcione da maneira correta, olha só:

  • Registro na Junta comercial do Estado;
  • Alvará de localização e funcionamento;
  • Inscrição Estadual;
  • Auto de vistoria do corpo de bombeiros;
  • Certificado de responsável técnico;
  • Certificado de Limpeza e Desinfecção dos Reservatórios de Água;
  • Procedimentos Operacionais Padronizados.

4. Prepare o seu espaço

Não é que você precise de um espaço enorme, mas é necessário que o local seja adequado e comporte todas as pessoas confortavelmente.

Mas você pode adaptar o seu ambiente para dar uma cara muito mais interessante ao seu restaurante. 

Nesse modelo de atendimento, o melhor que você pode fazer para valorizar o seu espaço é deixar a cozinha visível. 

Dessa forma, o cliente pode acompanhar o preparo das massas enquanto aguarda, e ainda por cima, sente mais confiança na qualidade do alimento.

Se houver filas para servir-se, acompanhar os cozinheiros preparando o macarrão pode distrair e aliviar o estresse.

Além disso, é um diferencial e tanto poder acompanhar como o item principal do menu é feito.

No entanto, você não precisa se prender a regras quando se diz respeito ao seu local de atendimento. Um restaurante de macarrão ao vivo pode ser elaborado com pouco dinheiro, por isso é importante ter criatividade.

5. Macarrão ao vivo Receita

Se você pensa que é muito simples montar o cardápio do seu restaurante só porque a base são as massas, se engana. 

Os acompanhamentos necessitam de atenção e um bom planejamento para agradar a todos.

E mesmo assim, não dá pra ficar repetindo as mesmas coisas todos os dias. Se o cardápio for sempre o mesmo, o cliente vai enjoar, certamente.

Por isso, pense em variar nos tipos de molhos e complementos de acordo com os dias da semana.

Você sabe quais são os principais acompanhamentos em restaurantes de massas? Então confira essa lista:

  • Alcaparras; 
  • Azeite;
  • Azeitonas;
  • Bacon;
  • Brócolis;
  • Calabresa;
  • Champignon;
  • Ervilha;
  • Frango;
  • Milho;
  • Palmito;
  • Presunto;
  • Queijos variados;
  • Temperos variados;
  • Tomate,
  • Torradas.

Geralmente, quem trabalha com essa proposta de restaurante, tem disponíveis cerca de 20 tipos de acompanhamentos, mas os molhos são mais escassos.

Na maioria das vezes, são poucos tipos: Molho branco, vermelho ou rosê, pesto, opções a base de queijos. Portanto, aumentar as variedades é uma maneira de conquistar mais fregueses.

Além disso, você pode “vender sua marca” com referência dos restaurantes italianos, que tem uma ótima macarronada!

Lembrando que a maior parte de restaurantes de massas oferecem o macarrão pré pronto, e não o caseiro.

Então, nada impede que você trabalhe dessa maneira também, mas não dá para negar que optar por macarrão artesanal aumenta muito o nível da sua comida.

6. Busque bons profissionais

Utilizar macarrão artesanal não é uma obrigação, mas com certeza faz diferença ter uma equipe produzindo as massas, o que deixa o negócio com a cara de restaurante caseiro.

Nesse caso, você vai precisar de funcionários que tenham experiência na área, e que com habilidade, consigam produzir rapidamente sem perder a qualidade.

Quanto mais vivência o seu funcionário tiver na área de alimentação, mais fácil será a adaptação no seu negócio, e como consequência, o lucro será maior.

7. Pesquise fornecedores

Você necessita de bons fornecedores, já que vai precisar de quantidades bem grandes de alguns produtos. 

A demanda desse tipo de restaurante costuma ser alta, então, se você tem espaço para armazenar um estoque amplo, vale a pena comprar em grandes porções.

Mas isso também varia de acordo com quem lhe fornece. Às vezes não há muita diferença nos valores, mesmo comprando um estoque denso. 

Nesse caso, vai precisar analisar se vale a pena comprar tantos itens de uma única vez, porque talvez preparar um local espaçoso para os seus ingredientes saia mais caro.

Mas, independente de quanto você vá comprar, preocupe-se em pesquisar várias opções de fornecedores.

Não deixe de tentar conseguir descontos e pensar no tempo que o representante levará para te entregar as compras.

Sempre considere o fato de que a sua demanda será alta, e não pode de maneira alguma faltar produtos para seus pratos.

8. Ofereça novidades

Não há mais espaço no mercado para pessoas que não inovam. Independente da área de atuação, diferenciais fazem toda a diferença.

Mesmo que existam outros restaurantes de macarrão ao vivo na sua cidade, o seu precisa se destacar.

Mas como fazer isso? Bom, o ideal é que você crie algo que só o seu estabelecimento oferece.

Podem ser descontos, algum tipo de promoção que bonifica o cliente de acordo com o número de refeições ou acompanhamentos que  só o seu restaurante tem.

É aí que entra o papel dos funcionários que têm experiência com massas. Desenvolver novos sabores pode destacar a qualidade do seu macarrão.

E as próprias massas também devem ser diferenciadas, tanto no tipo quanto no sabor.

Outra ideia, é ter opções de acompanhamentos mais naturais, pensando em pessoas com dietas mais restritas.

9. Ofereça seu serviço para eventos

Para deixar a sua marca mais popular, investir na presença em eventos como casamentos, aniversários e formaturas é uma ótima ideia.

Basta ter um equipamento de qualidade e o número de funcionários necessários para a ocasião.

Esse tipo de cardápio tem sido bem procurado para comemorações por vários motivos.

Começando pelo fato do macarrão ser muito apreciado, seguindo pelo custo benefício e praticidade de servir essa refeição.

Então, investindo nessa área, você só tem a ganhar. Mas se quer começar o mais rápido possível, temos duas ideias para você!

  • Trabalhe a identidade visual do seu restaurante

Pode parecer desnecessário, mas é preciso muita dedicação para que a sua marca seja reconhecida e vista por um grande número de pessoas.

Por isso, você precisa investir na identidade visual da sua empresa, sempre apostando em algo que tenha a sua cara e traduza a proposta do restaurante.

As redes sociais são o melhor caminho para divulgar o seu negócio e trabalhar a sua identidade visual.

Quem não é visto, não é lembrado. Portanto, esforce-se para conquistar o seu espaço na internet.

  • Aposte no delivery

O delivery é uma opção incrível para qualquer negócio de  alimentação.

Além da praticidade para o cliente, o restaurante tem muito mais facilidade para controlar os pedidos e atendê-los.

Uma ideia é utilizar os aplicativos como Ifood, Uber Eats e Rappi. No início, você pode, inclusive, atender apenas via delivery.

E isso é ótimo porque te ajuda a ver quais acompanhamentos são os preferidos dos clientes, o que vai te ajudar a ter um controle maior sobre a suas compras.

Além disso, você conseguirá economizar, o que contribuirá para um ganho de caixa, que futuramente, poderá ser muito útil para a abertura do espaço fixo.

Já nessa linha de delivery, é importante se adequar aos variados públicos, por isso, você pode inserir acompanhamentos e até mesmo tipos de massa fit, ou um delivery saudável.

10. Tenha um sistema para restaurante

Saber como montar um restaurante de macarrão ao vivo é o primeiro passo para investir nesse negócio, mas é importante entender que sozinho, o risco das coisas não darem certo, aumenta.

Isso porque nesse modelo de restaurante, bem como em todos os outros, é necessário ter um controle sólido de fluxo de caixa, estoque, vendas, gestão de colaboradores e também das entregas.

Por isso, a melhor opção é ter um sistema para restaurante como o da Saipos, que irá te auxiliar em todas as etapas de processo, desde o preparo até a entrega ao cliente.

Clique no banner e conheça o sistema mais completo e com melhor custo benefício do mercado!

Você tem duvidas do por que utilizar o sistema Saipos? Entre em contato e acompanhe uma demonstração gratuitamente.

11. Investimento restaurante de macarrão ao vivo

Para um restaurante pequeno, com cerca de R$ 25 mil já dá para começar, mas sempre lembrando que quanto mais reserva em caixa tiver, melhor é.

Você vai precisar dos equipamentos padrão, como freezer, geladeiras, trituradores de alimento, mesas, cadeiras, utensílios para cozinha em geral.

A única necessidade específica são as máquinas para preparar as massas caseiras, se for sua opção. Lembre-se também da mesa específica para dispor as massas e complementos. 

Ela precisa ser de qualidade para que os alimentos não esfriem até serem servidos.

Resumo

Como montar um restaurante caseiro?

Para montar um restaurante caseiro você não precisa gastar muito. O mais importante é preservar as características que remetem a comida de casa, tendo um espaço aconchegante.

Para servir, é fundamental apostar em pratos tradicionais, que podem trazer a identidade da sua região, por exemplo. Massas, refogados e carnes de panela caem muito bem.

E para o espaço físico, a simplicidade combina perfeitamente. Objetos de madeira, decoração com os próprios alimentos e natureza também combinam.

Como montar um restaurante pequeno?

Para montar um restaurante pequeno, você não pode deixar de lado as etapas básicas de todo restaurante, como por exemplo a escolha do público alvo, providenciar os documentos, definir um plano de negócios e ter um bom planejamento.

Mas, nesse tipo de restaurante menor, é necessário escolher de forma assertiva o que servir. Um restaurante de espetinhos, por exemplo, cai muito bem em uma versão pequena. No entanto, um a la carte não é a melhor opção.

Ebook Restaurante Mais Eficiente - Baixe Grátis!