QUERO FALAR COM CONSULTOR

10 dicas de como montar um restaurante de sushi 

Aprenda sobre a conservação de alimentos com este ebook.

10 dicas de como montar um restaurante de sushi 

Para saber como montar um restaurante de sushi corretamente é necessário conhecer bem o setor e zelar pela qualidade dos ingredientes utilizados.

Os restaurantes de comida japonesa atualmente estão entre os mais procurados no país, por isso são uma ótima oportunidade de investimento.

Por outro lado, a concorrência é grande, e isso quer dizer que é preciso diferenciais para atrair clientes e conquistar seu espaço.

Se a sua intenção é apostar nesse negócio, conheça os 10 dicas de como montar um restaurante de sushi, que a Saipos preparou para você!

1. Conheça o setor!

Saber como montar um restaurante de sushi envolve conhecer bem o setor. Esse tipo de negócio de alimentação se assemelha aos outros restaurantes típicos.

Mas o que isso quer dizer? Bom, quando vamos até um restaurante japonês, é porque queremos comer comida japonesa, e isso envolve técnicas e costumes específicos.

Muitos estabelecimentos desse tipo acabando “abrasileirando” muitos pratos, e isso desagrada os clientes mais tradicionais. 

Por isso, é necessário ter conhecimento para não se prejudicar e aproveitar o que há de melhor no segmento. Essa é uma maneira de se diferenciar em relação aos concorrentes.

Além disso, conhecer o setor por si próprio inclui entender sobre os tipos de peixes e  outros ingredientes diferenciados utilizados nos pratos. Quer uma dica fundamental?

Procure entender ao máximo os processos do seu restaurante, assim não será depender de outras pessoas para tomar decisões ou diagnosticar problemas!

2. Defina o público alvo!

Costumamos dizer que o cliente é a alma do negócio, por isso o seu público requer grande parte da sua atenção na hora de entender como montar um restaurante de sushi.

Por isso, uma das primeiras coisas a se fazer é pensar no seu público alvo, e ele está diretamente ligado ao local onde irá abrir o seu negócio de comida japonesa.

Para que fique mais claro para você, imagine um bairro situado em uma área nobre da cidade. Imaginou? Agora compare com um shopping bastante movimentado. 

Os dois pontos podem alcançar um grande número de pessoas.

Um por ser frequentado por moradores com mais poder aquisitivo, e o outro, por ter uma circulação altíssima de pessoas.

Mas então, se os dois atraem o público, qual o problema? A questão é que cada público requer um modelo diferente de atendimento, valores e cardápio.

No shopping é mais adequado ter um cardápio amplo e que  atenda o paladar da maioria das pessoas, com buffet mais em conta.

Os sushis com um toque brasileiro caem bem para esses locais.

Já no bairro nobre, é possível adotar características mais próximas de um restaurante tradicional de sushi, o mais parecido possível com os do país de origem.

Posso montar um restaurante de sushi em um bairro popular?

Claro que pode! Como já comentamos, os restaurantes de sushi estão cada vez mais populares no Brasil, e agradam grande parte das pessoas.

Para agradar o público nesse caso, é preciso estar atento a venda de combos e apostar nos buffets com preços promocionais.

Desse modo, certamente será possível alcançar uma boa lucratividade e clientes fiéis.

3. Tenha bons fornecedores!

Se você quer saber como montar um restaurante de sushi, busque indicações de fornecedores. 

Para isso, visitar outros estabelecimentos de comida japonesa ou participar de grupos das redes sociais destinados a esse tipo de negócio são boas estratégias.

Entenda que para ter um bom desempenho em como montar um restaurante de sushi, é preciso contar com bons fornecedores.

A matéria prima principal dos pratos é o peixe, que é um ingrediente muito sensível e por isso precisa chegar até seu restaurante completamente fresco.

Pensar nisso traz a tona a necessidade de decidir por um fornecedor próximo de você. 

Se os produtos precisam ficar muito tempo em transporte, isso já pode comprometer a qualidade dos alimentos.

Quais cuidados devo ter com o armazenamento dos peixes?

De nada adianta se o seu fornecedor for confiável e lhe entregar produtos com rapidez e qualidade se ao chegar no seu restaurante eles não forem bem armazenados.

Priorize a compra de bons equipamentos para refrigerar esse tipo de produto, freezers e geladeiras potentes e espaçosas. 

Além disso, é importante se certificar que em casos de queda de energia, seu estabelecimento continue claro e mantendo os equipamentos funcionando.

Para isso, o uso de um gerador de energia  é indispensável e garante a segurança dos seus clientes, produtos, além de evitar queimas de produtos ligados à luz.

Vale lembrar que não é recomendado congelar novamente os alimentos após terem sido descongelados.

Por isso, é fundamental entender a demanda para não ter desperdícios.

4. Tenha uma boa equipe!

É trabalhoso encontrar a melhor forma de como montar um restaurante de sushi, e para que tudo dê certo é necessário contar com pessoas competentes e com experiência.

A preparação de sushis e outros pratos japoneses é delicada, e precisa de técnicas bem específicas para atingirem o sabor e aparência desejados.

Por isso, a dica é escolher profissionais que já conheçam o preparo e saibam lidar com o trabalho em um restaurante de sushi.

Se for atender em buffet, é preciso agilidade para repor a mesa constantemente, por isso, avalie essa qualidade na hora de selecionar os membros da sua equipe!

5. Conheça a concorrência!

Conhecer a concorrência é fundamental para saber como montar um restaurante de sushi. Como você sabe, esse tipo de negócio é cada vez mais comum.

No entanto, isso pode significar que há grande chance de aceitação do seu estabelecimento.

Por outro lado, representa que a sua ideia de negócio já é bastante conhecida, e os apreciadores desse tipo de restaurante provavelmente já tem seu preferido.

Portanto, visitar a concorrência, principalmente as que estão mais perto de você, é importante para analisar a maneira de trabalho, atendimento, preços e características dos sushis.

Dessa forma, você poderá potencializar no seu restaurante as questões que estão em falta nos seus concorrentes.

6. Trabalhe com delivery!

O delivery tem a cada dia levado mais lucratividade para os restaurantes. Inclusive, há aqueles que optam por trabalhar apenas dessa forma no início de negócio.

Fazer essa escolha te ajuda a evitar muitos gastos com o planejamento da estrutura de atendimento e compra de móveis como mesas e cadeiras.

Além disso, você evita colocar um investimento muito algo sobre o negócio sem ter certeza dos resultados. 

Aí, com o passar do tempo é possível utilizar o dinheiro do lucro como caixa para montar um restaurante com atendimento presencial sem se apertar nas finanças.

Mas, se a sua ideia for mesmo de elaborar um modelo tradicional, aberto ao público, nada impede de também vender por delivery.

Cada dia mais as pessoas optam por comprar no conforto de casa, e os aplicativos de entrega de comida como o iFood, Rappi e Uber Eats estão cada vez mais em alta.

Por isso, é muito importante conquistar o seu espaço também nesse meio, que é uma boa forma de conseguir mais clientes e aumentar muito as vendas.

Por que ter um sistema para restaurante e delivery?

O sistema para restaurante e delivery facilita muito a rotina do estabelecimento, já que auxilia no controle financeiro, fluxo de caixa, estoque e integrações com apps de delivery.

O software de gestão para restaurantes da Saipos facilita muito as vendas pelos aplicativos e ajuda a evitar problemas na cozinha e atrasos.

Isso porque ele reúne em uma única tela os pedidos feitos nas principais plataformas, e organiza de acordo com a ordem de solicitação.

Assim, é possível acompanhar tudo de forma muito mais simples, ágil e inteligente, evitando retrabalhos para anotar a demanda e direcionar para a cozinha.

Sem dúvidas, investir nesse serviço fará toda a diferença na lucratividade do seu restaurante de sushi!

7. Invista em ótimo atendimento!

Um bom atendimento não custa dinheiro, mas sim tempo e dedicação. Isso porque, treinar os seus funcionários e a si mesmo para isso é uma tarefa que exige muito empenho.

É necessário ter sensibilidade para entender o que o seu cliente precisa e oferecer mais do que uma refeição. 

Tente atender de forma especial cada pessoa que visitar seu estabelecimento.

Isso significa caminhar pelo salão, perguntar se o cliente está gostando da comida, se está sendo bem atendido.

Essas questões parecem pequenas, mas a grande maioria dos negócios de alimentação que não se atenta para esse ponto, acaba perdendo clientes para a concorrência.

Veja algumas medidas para fortalecer o cuidado com o cliente no seu restaurante:

  • Oferecer brindes e bônus;
  • Estreitar a comunicação sempre que possível;
  • Preparar alguma cortesia, como um doce ou café ao final da refeição;
  • Ter atenção às embalagens em caso de delivery ou take away;
  • Oferecer um atendimento rápido e ágil.
  • Prezar pelo bem estar do freguês em qualquer circunstância.

8. Cardápio variado!

Quem procura um restaurante japonês já sabe que encontrará sushi no cardápio, isso é fato. Mas, por que não mostrar tudo que a culinária japonesa tem?

Uma dica importante e que traz diferencial ao seu restaurante, é criar um cardápio diversificado e que agrade a todos.

Para fazer isso, é preciso entender que muitas pessoas que vão a um restaurante de sushi pela primeira vez, não estão habituadas ao sabor da dos pratos com o famoso “peixe cru”.

Por isso, é importante incorporar ao menu receitas como risoto de frutos do mar, e outros que sejam cozidos. Assim, é mais fácil conquistar o paladar do iniciante.

Veja abaixo algumas receitas básicas para compor seu cardápio:

  • Sushi;
  • Temaki;
  • Yakissoba;
  • Sushimi;
  • Korokke;
  • Tempura;
  • Tonkatsu;
  • Sunomono;
  • Guioza;
  • Hot Roll;
  • Risotos diversos.

9. Estrutura física!

Os restaurantes japoneses costumam ter um estilo bem característico. Aí depende do seu gosto se irá montar o seu negócio com um estilo padrão ou algo diferenciado.

As cores vermelho e preto são predominantes nas temakerias e restaurantes de sushi, então que tal pensar em um estilo novo e que defina o seu negócio?

Para preparar a sua estrutura, considere como fundamental o conforto do cliente. Priorize a compra de cadeiras e mesas que deixem todas as pessoas relaxadas e confortáveis.

Inserir um sistema de climatização também é muito importante.

Isso porque, a comida japonesa é leve e refrescante, o que definitivamente não combina com calor.

Dê atenção a pequenos detalhes como a decoração, mas não esqueça de pensar a grosso modo.

Como por exemplo na qualidade da fiação elétrica e estrutura geral das paredes, teto e pisos.

Para escolher o melhor imóvel para alugar, seja criterioso com as modificações que precisarão ser feitas antes da implantação do seu negócio.

Quanto menos reformas, mais economia e rapidez para abrir as portas do restaurante!

10. Tenha diferenciais

Para conquistar o seu espaço no setor de alimentação japonesa, é necessário fazer algo que muitos empreendedores esquecem: Inovar!

Hoje a grande maioria das pessoas consome comida oriental, e já conhecem bem como funciona um restaurante de sushi.

É por isso que desde o início, é necessário ter como meta surpreender os clientes. 

Para isso, você pode trazer novidades na apresentação dos pratos, novidades no cardápio, descontos especiais, e até mesmo no próprio atendimento.

Oferecer bebidas e drinks de qualidade, elaborados com ingredientes orientais também é uma forma de trazer mais clientes para o seu negócio.

Como fazer marketing para restaurante de sushi?

Para um restaurante de sushi, é importante estar conquistar um espaço nas redes sociais.

Especialmente através do Facebook e Instagram, sempre estreitando laços com os clientes.

Um bom marketing é sempre um diferencial com capacidade de trazer resultados expressivos para o empreendimento.

Portanto, é essencial trabalhar essa questão visando o aumento de clientes e reconhecimento da sua marca.

Um restaurante que é lembrado pelo público, sem dúvidas terá muito mais chances de crescer, chegando até a possibilidade de abrir filiais.

Agora você já sabe como montar um restaurante de sushi.

Coloque nossas dicas  em prática sempre com muito planejamento e responsabilidade nos seus investimentos. Boa sorte!

Como Conservar Alimentos Corretamente