FALE COM CONSULTOR SAIPOS

Como montar um restaurante fitness?

Como montar um restaurante fitness?

Como montar um restaurante fitness é um pergunta que muitos fazem quando pensam em entrar na área de alimentação.

É realmente uma ideia muito boa, tendo em vista que um grande número de pessoas não tem mais tempo de cozinhar por conta da correria do dia a dia.

Além disso, preparar comida fitness não é nada simples, já que as receitas são mais demoradas e demandam muita dedicação.

Inclusive, você pode seguir a linha fitness de restaurantes naturais ou até trabalhar com o conceito de restaurante sustentável.

Algumas pessoas até dizem que para não perder o foco, precisam de alguma motivação extra.

Ter um lugar seguro e saboroso para fazer suas refeições com certeza é uma motivação e tanto…

Como você pode ver, não faltam motivos para ter um restaurante de sucesso nesse segmento! 

Portanto, se você está pensando em montar um restaurante de comida saudável, precisa ler esse artigo que preparamos pra você com as 14 dicas principais para seu negócios.

Mas antes, clique no banner e já baixe a melhor Planilha para Calcular o Custo de Pratos, totalmente grátis!

 

1. Parcerias para restaurante fitness

Essa é uma estratégia muito inteligente quando se pensa em montar um restaurante de comida saudável.

Isso porque, na maioria das vezes, os clientes surgem através de alguma recomendação, o que pode acontecer com maior frequência dentro das academias.

Por isso, você pode tentar conseguir formar parceria com alguma academia, loja esportiva, e outros estabelecimentos da área.

Assim, fica muito mais forte de manter uma clientela fiel. As redes sociais podem ser um meio para fortalecer essas parcerias.

Encontrar uma marca que tenha bastante visibilidade, e conseguir um apoio via internet pode levar o seu negócio as alturas!

2. Cardápio restaurante fitness

Você precisa ter um cardápio completo e variado. Saladas precisam ser servidas em abundância, além dos vegetais e carnes.

Os pratos fitness geralmente tem pouco carboidrato, mas muita proteína. Pode-se optar por um cardápio fixo por dias de semana.

Capriche no cardápio das saladas e carnes. Mas não se esqueça de oferecer uma opção de sobremesa e lanches.

Muitas pessoas que saem da academia, vão ir fazer uma refeição no seu espaço, e a pressa pode atrapalhar esse tempo para recarregar as energias.

Por isso, pense em colocar algumas opções de lanches, sucos, sanduíches e shakes. Veja algumas dicas de cardápio que você pode utilizar até mesmo em marmitex:

Segunda- feira Terça-feira Quarta-feira Quinta-feira Sexta-feira
Panqueca de couve com guisado de carne bovina  Filé de frango grelhado Carne bovina de panela Atum ralado com molho vermelho Strogonoff Light
Purê de batata doce Quinoa cozida Purê de mandioquinha Macarrão integral  Empada de brócolis low carb
Molho de tomate fresco Brócolis com molho branco light Salada mix de cenoura e beterraba ralada Salada de pepino, tomate e repolho ralado Arroz integral com brócolis
Salada de folhas verdes com ricota e tomate cereja Refogado de abobrinha Farofa de castanhas Refogado de abóbora com milho Salada mix de folhas 

3. Localização restaurante fitness

Perto de uma academia, lógico! Essa é a melhor opção, já que assim o seu negócio pode se tornar um ponto de encontro para quem sai do treino.

Sempre escolha um bairro movimentado e também analise a popularidade das academias antes de escolher o seu lugar ideal.

Sempre tente manter uma relação boa com os donos dessas academias, pois assim eles podem indicar o seu restaurante para uma alimentação saudável.

4. Restaurante fitness horário de atendimento

O horário deve ser escolhido de acordo com o movimento das academias próximas.

Para descobrir isso, você pode conversar com os administradores. Provavelmente, eles não irão se opor em te passar a informação.

Você certamente vai abrir no almoço ou n o jantar, mas não pode deixar de ter outras opções entre esses horários. 

5. Restaurante fitness delivery

Claro! Ter essa possibilidade disponível pode bombar suas vendas e também é ótimo para as suas finanças. Então se você quer montar um restaurante com pouco dinheiro, o delivery é a solução.

Imagina que alguém que treina em um horário  a tarde, e ao sair faz um lanche no seu restaurante.

Ela pode gostar muito do seu lanche, mas não é o horário ideal para experimentar as comidas.

Nesse caso você pode oferecer um cartão com informações sobre o serviço delivery.

Cardápio fitness delivery 

As opções são várias. Se você utilizar os principais apps de comida, como o Rappi e ifood, pode colocar no seu cardápio marmitas fit, sucos, sobremesas  e lanches saudáveis.

É importante que você ofereça um tipo de combo, com alimentação variada  para a semana toda, o cardápio pode ser o mesmo oferecido no restaurante, assim já facilita a montagem.

Outra ideia bacana, é que você tenha alguns pratos exclusivos no seu restaurante. Pode ser feito a releitura de alguma comida muito popular.

Ou até mesmo de algum prato típico na versão fit. Essas coisas deixam o seu estabelecimento diferenciado em relação aos outros, e atrai mais pessoas.

Preocupe-se com as embalagens

Como as marmitas geralmente são entregues congeladas, você precisa de uma embalagem resistente, que suporte calor e frio

Além disso, você deve se certificar de que nada será derramado durante a entrega. Para o cliente é muito importante que o alimento chegue em perfeitas condições.

Rapidez na entrega é fundamental

Entenda que quem adquire o hábito de comer apenas marmitas fit nas refeições, valoriza muito ter o produto sempre, sem nunca quebrar a dieta.

Por isso, é muito bacana quando o restaurante cria um relacionamento de amizade com o cliente. Assim, o seu negócio pode se adequar com o dia a dia dele.

Isso quer dizer que as suas refeições podem ser entregues sempre no mesmo horário, dia, e local que fica mais fácil para ele.

Ah! Outra coisa muito importante é a disponibilidade. Se um cliente entrar em contato solicitando um combo semanal, atenda o pedido rapidamente.

Pode ter certeza que  se você não puder suprir aquela necessidade naquele momento, ele procurará outra lugar para  comprar.

Sistema para restaurante

O que também não pode faltar, seja atendimento delivery, balcão, mesa ou ficha, é um sistema para delivery como o da SAIPOS.

Isso porque, com ele é possível automatizar diversos processos do negócio, como o controle de estoque, vendas, gestão de garçons e caixa.

E não para por aí. Com a Saipos é possível fazer integração com as principais plataformas de delivery, como Rappi, iFood, Uber Eats e outros.

Clique no banner a assista GRÁTIS uma demonstração do sistema para restaurantes mais completo e com melhor custo benefício do mercado!

Você tem duvidas do por que utilizar o sistema Saipos? Entre em contato e acompanhe uma demonstração gratuitamente.

6. Ingredientes

Os ingredientes são muito importantes para o sucesso do seu negócio. É impossível fazer bons pratos sem ter bons produtos.

Para isso, você vai precisar de ótimos fornecedores. Então, a dica é ficar sempre atento ao que há de melhor na sua cidade para poder montar o seu estoque.

Então fornecedores confiáveis e que façam uma entrega rápida são peça principal para o seu estabelecimento.

Se tudo der certo, em breve você precisará manter uma mesa de alimentação com muita variedade, com pratos que terão que ser repostos várias vezes ao dia.

E se optar por oferecer marmitas Delivery, o seu estoque vai demandar ainda mais organização.

Então não esquece: O estoque precisa sempre estar em dia, e os seus ingredientes devem ser de qualidade e muito bem armazenados para evitar estragos.

Pratique o hábito de gastar sempre o mais antigo, assim evita consideravelmente os desperdícios.

7. Preço

O preço também faz a diferença na hora da escolha de um local para fazer as refeições.

Muitas vezes uma alimentação que atenda corretamente as dietas, acaba sendo bem mais cara, por isso, faça o seu valor valer a pena.

Mas também ofereça opções mais em conta, pense que manter uma dieta e academia não sai barato e muitas pessoas ficam apertadas nesse momento.

Por isso, é fundamental entender quanto você pode cobrar, sem que o valor fique alto para o cliente, ou baixo para você. Clique no banner e baixe GRÁTIS a planilha para calcular o custo dos seus pratos!

8. Sabor

Essa é uma questão que você vai ter que superar. Muitas pessoas evitam esses tipos de restaurante por acharem que a comida não é saborosa.

Realmente, alguns alimentos utilizados na culinária fitness são um pouco sem gosto, e o que vai definir o sabor vai ser os temperos e maneira de preparo.

Pense sempre no que você pode fazer para tornar aquele prato único, usando um tempero novo ou um segredinho na hora de prepará-lo.

Os clientes sempre valorizam o gosto do prato, independente de atender suas necessidades ou não.

9. Marketing

Se você quer montar um restaurante fitness, vai precisar investir tempo no seu marketing.

Muitos donos de restaurante ainda não valorizam esse fator, mas é ele que vai definir o número de pessoas a conhecer o seu estabelecimento.

Esteja  atento a novidades no mercado de comida fit. Busque novidades para o cardápio e crie presença na internet, assim você pode levar o conceito da sua comida mais longe.

Além disso, vale lembrar que um apoio de alguma academia que já faz sucesso, ajuda muito a bombar as suas vendas.

9. Inovação

Mesmo que em menor quantidade, restaurantes com essa proposta estão cada vez mais aparecendo no mercado. 

Por isso, é a sua chance de construir a sua marca com criatividade. Um novo conceito em restaurante fitness pode ser montado se você for criativo.É a hora certa para pensar em um diferencial que possa atrair mais visitantes e clientes para o seu negócio.

Essa inovação pode estar inserida nos alimentos, nos valores, no local e nos itens a mais que você propõe para o cliente.

Uma ideia é transformar o seu espaço físico em um local de experiências, com um diferencial que nenhum outro estabelecimento que trabalhe com essa proposta tenha.

10. Licenças

Para abrir um negócio da maneira correta, você vai precisar de algumas licenças para restaurante junto a prefeitura e vigilância sanitária.

É  importante que você  planeje bem isso, para evitar atrasos ao abrir o seu restaurante. 

Por isso, vamos te mostrar uma lista dos documentos básicos que você precisa obter antes de qualquer coisa:

  • Alvará de funcionamento
  • Auto de vistoria do corpo de bombeiros
  • Cadastro municipal de vigilância em saúde
  • Registros de compra dos alimentos
  • CNPJ
  • Procedimentos operacionais padronizados
  • Outros documentos que variam de acordo com cada cidade.

11. Concorrentes

É importante que você pesquise a respeito dos seus concorrentes. Na verdade, é um dos primeiros passos antes de começar a planejar o seu restaurante.

Você precisa levantar dados sobre a localização, cardápio, pontos fracos e fortes de cada um. Somente assim poderá superá-los.

É importante que você evite se colocar em um local muito próximo de outro restaurante com a mesma proposta.

A não ser que você tenha uma ideia muito diferente e certeza de que vai superá-lo.

12. Franquias

Uma ideia bastante funcional é começar com uma franquia. Às vezes você admira um modelo de restaurante e pensa em ter esse formato.

Nesse caso, ser um franqueado pode ser uma ótima opção. Além de evitar alguns transtornos com o seu planejamento, você vai ter um apoio para iniciar.

A obrigação da rede que você é franqueado, é te ajudar a alcançar o sucesso o mais rapidamente possível

13. Qualidade no atendimento

O bom atendimento sempre é fundamental para qualquer restaurante. Mas os que são focados no ramo fitness, precisam ser ainda melhores.

Você precisa considerar que os clientes têm dietas diferentes, e muitos nem comem carne.

É por isso que um bom atendimento é tão importante. Se familiarizar com os fregueses possibilita que você entenda melhor o que ele gosta ou não. 

E você pode então, oferecer um cardápio personalizado para o seu tipo de dieta. Essa é uma maneira muito eficiente para conseguir fidelizar a sua clientela.

14. Tipos de restaurante fitness

Existem vários modelos gastronômicos. Você pode optar por um Self-service, Delivery, ou até mesmo Á la carte.

O mais interessante, é a opção onde o cliente pode se servir livremente. Você pode cobrar um valor pelo quilo do alimento ou valor da refeição completa.

Esse tipo de estabelecimento tem crescido muito nos últimos anos, então é a sua chance de criar algo novo, que atraia clientes.

Não existe limite para novidades nesse mercado, você pode copiar algum modelo que tenha poucas opções fit, e assim conquistar um novo público.

Por exemplo, um restaurante fast-food com comida fitness certamente seria um ótimo ponto de encontro pra galera que curte essa proposta. 

E se na sua cidade não tem nada parecido, melhor ainda. Tente ocupar os espaços que ainda não foram explorados. Assim é mais fácil de alcançar o sucesso.

Agora que você já sabe por onde começar, dedique-se no planejamento do seu restaurante.

Sempre lembre-se da importância do setor de comida fitness para a qualidade de vida e saúde das pessoas.

Resumo

Planilha Cálculo Custo de Pratos - Baixe Grátis!