FALE COM CONSULTOR SAIPOS

9 dicas de como montar uma lanchonete pequena

A nossa planilha de fluxo de caixa vai ajudar você na organização das suas informações financeiras de forma simples ágil e inteligente.

9 dicas de como montar uma lanchonete pequena

Saber como montar uma lanchonete pequena pode representar um negócio de sucesso, se for feito da maneira correta.

Por isso, preparamos 10 dicas essenciais na hora de pôr a mão na massa e montar o seu negócio na área. 

1. Seja versátil!

O mais interessante desse tipo de negócio é o que você serve, já que vários tipos de lanches são bem vindos no cardápio.

Então, se você está abrindo uma lanchonete neste momento, aproveite para oferecer essa variedade ampla, desde hambúrguer vegano até batata com bacon.

A melhor parte disso é que você consegue atrair um público bastante diversificado.

Lembre-se de sempre pensar nos clientes que não comem alimentos de origem animal, e os que têm intolerância a leite e outros ingredientes.

Oferecer amplas opções para esse público será fundamental para o crescimento do seu restaurante.

2. Escolha o lugar certo!

Montar uma lanchonete pequena pode ser um negócio muito lucrativo e barato para se montar, por conta do seu tamanho e estrutura que pode ser simples. 

Mas, para que isso dê certo, é necessário escolher o melhor ponto da cidade. Lanchonetes combinam com escolas, centros comerciais e locais com mais movimentação de pessoas.

Mas se a sua ideia for abrir dentro de um bairro distante do centro da cidade, também pode dar certo, se no local não tiver outros estabelecimentos parecidos. 

A decoração é muito importante para a sua lanchonete, e o cardápio acompanhar a decoração.

3. Atenda da melhor forma!

Muitas pessoas erram por achar que em um estabelecimento menor, o atendimento não precisa ser um ponto forte.

Mas isso é mito. Independente do tamanho do seu negócio, é preciso priorizar um atendimento excelente. 

Apenas fazendo isso será possível tornar a sua lanchonete em uma marca conhecida, aumentando as vendas e fazendo sucesso.

4. Dê atenção ao seu marketing!

A divulgação é um diferencial para que a sua lanchonete não seja vista como apenas mais uma, e sim como algo novo e atrativo.

As redes sociais representam um caminho muito eficaz para o marketing. Por isso, aproveite esse espaço que é inclusive, gratuito. 

Portanto, crie conteúdos interessantes e atrativos. Registre os lanches e refeições do dia com imagens bonitas e de qualidade. 

Se possível, utilize vídeos que mostram parte do preparo dos pratos, essa é uma tática que poucos usam, mas que  traz confiança ao cliente sobre a sua comida.

Administrar uma lanchonete pequena não é moleza, é preciso pensar em todos os detalhes, visando melhorar sempre mais.

5. Escolha os equipamentos certos!

Os equipamentos necessários para montar uma lanchonete pequena podem variar de acordo com o cardápio que você deseja oferecer no seu estabelecimento.

Por essa razão é bom fazer o planejamento do seu negócio, para facilitar os demais processos como a compra de utensílios elétricos e móveis.

De qualquer maneira, nós separamos alguns equipamentos que servem para a etapa de como montar uma lanchonete pequena, que todo mundo pode precisar. Veja:

  • Balcões refrigerados;
  • Bancada em aço inox;
  • Bancadas inox;
  • Chapa a gás;
  • Coifa;
  • Cortador de frutas e legumes;
  • Espremedores de fruta;
  • Estantes e prateleiras em inox;
  • Estufa fria e quente;
  • Estufa para salgados;
  • Fogão industrial;
  • Fornos para aquecer salgados;
  • Fritadeira elétrica;
  • Geladeira e Freezer;
  • Liquidificador;
  • Pia em aço inox;
  • Processador de alimentos;
  • Utensílios de cozinha (talheres, copos, panelas, frigideiras, porta-guardanapos, canudos e descartáveis em geral).

6. Administre bem a lanchonete!

É muito importante e necessário entender como administrar uma lanchonete pequena também, afinal de contas ninguém quer fechar as portas em 6 meses.

Entretanto, antes de tudo, é indicado fazer um planejamento. Isso irá determinar as suas metas e objetivos durante o funcionamento da sua lanchonete pequena.

Para isso, uma boa ideia é montar um plano de negócios, já no início do planejamento.

Ele serve como um guia, que tem descrito todas as etapas de montagem da sua lanchonete.

Gastos com funcionários, manutenção e perdas de estoque, água e luz, aluguel e todo o tipo de gasto, precisa estar previsto no plano, juntamente com seu orçamento disponível.

7. Tenha uma equipe eficiente!

Não dá para fazer tudo sozinho! Para otimizar o atendimento, é necessário montar uma estrutura de pessoal para uma lanchonete pequena.

O porte do seu negócio pode ser menor, mas a qualidade deve sempre ser alta.

Por isso, veja alguns dos funcionários necessários para o seu negócio!

  • Auxiliar de cozinha;
  • Caixa;
  • Contador (para serviços esporádicos);
  • Garçom;
  • Gerente.

8. Documentação para montar lanchonete

Todo o tipo de comércio vai precisar de uma série de documentações para conseguir funcionar. E uma lanchonete pequena não escapa disso.

Afinal de contas, em um negócio que envolve alimentos é necessário seguir uma série de critérios para funcionar de forma adequada.

Alguns desses processos podem ser demorados e complicados, mas não desista. Veja a documentação para montar uma lanchonete pequena:

  • Cadastre seu negócio na Agência da Previdência Social do seu município. Isso serve para a contratação de funcionários seja legalizada;
  • Cadastre um CNPJ na Receita Federal no portal;
    elabore um manual de boas práticas e procedimentos operacionais conforme Resolução 216/2004 da ANVISA;
  • Faça a inscrição de contribuinte ICMS (imposto de circulação) junto à Fazenda Estadual;
  • Faça o registro na Junta Comercial;
  • Obtenha uma autorização da Fazenda Estadual para emitir notas fiscais;
  • Realize o enquadramento sindical.

Outros documentos necessários:

  • Registro na Junta comercial do Estado;
  • Alvará de localização e funcionamento;
  • Inscrição Estadual;
  • Auto de vistoria do corpo de bombeiros;
  • Certificado de responsável técnico;
  • Certificado de Limpeza e Desinfecção dos Reservatórios de Água;
  • Procedimentos Operacionais Padronizados.

9. Tenha um diferencial!

Por isso, tente ao máximo inovar. Lembre-se que o mercado de alimentação não para de crescer, mas só há espaço para quem procura inovar e pensar fora da caixa.

Por isso,  avalie o que a concorrência oferece e procure ampliar no seu negócio o que já é positivo em outros estabelecimentos parecidos.

Também é fundamental observar esses locais, visitando propositalmente para analisar o que não está saindo tão bem.

Dessa forma, você poderá potencializar na sua lanchonete o que está faltando na concorrência, e certamente isso irá chamar a atenção dos seus fregueses.

Resumo

Baixe Materiais Gratuitos