QUERO FALAR COM CONSULTOR

Controle de estoque contabilidade: Qual a relação?

Como entender controle de estoque contabilidade?

Para entender o controle de estoque contabilidade, é necessário saber que essa tarefa garante que as mercadorias armazenadas estão corretamente registradas.

Portanto, caso seu restaurante realize compras de produtos todos os meses, com certeza seu estoque está sempre cheio.

Neste caso, quando não se tem um controle das mercadorias, muitas compras acabam sendo desnecessárias.

Sendo assim, acaba gerando um custo maior para seu negócio.

Além disso, pode existir um lote com validade vencida, ocorrendo um prejuízo ainda maior.

Tanto pela perda do produto quanto por trazer risco à saúde do cliente.

Porém, é possível evitar esses riscos entendendo que o controle de estoque contabilidade é uma junção que torna essa tarefa menos complexa e com mais ganhos do que perdas.

Qual a importância do controle de estoque para a contabilidade?

No início do seu empreendimento, quando o restaurante ainda era pequeno e atendia poucos clientes, você já deve ter vivenciado algumas situações desafiadoras.

Um ingrediente que faltou em uma hora de forte movimento ou cujo prazo de validade já havia expirado há semanas.

Então, esses casos podem parecer erros de principiantes, porém ainda ocorrem em empresas grandes.

Sendo assim, o controle de estoque contabilidade é essencial para as finanças do seu negócio. Sua importância é sinônimo de serviço de qualidade.

Dessa maneira, um bom controle de estoque contabilidade evita perdas significativas de produtos, mesmo considerando a sazonalidade.

Portanto, realizar uma gestão de estoque periodicamente impede o vencimento de itens e o controle de entradas e saídas no restaurante.

Todas essas vantagens podem ser simplificadas em não desperdiçar dinheiro com compras desnecessárias, o que é muito positivo para o controle de estoque contabilidade.

Por que o controle de estoque é importante para a contabilidade?

O controle de estoque está diretamente ligado à área de contabilidade do seu negócio. Ele administra os produtos, mas a gestão financeira também tem um papel nesse trabalho.

Quanto maior a quantidade de mercadorias armazenadas em um estoque, maior é soma de dinheiro que fica parado.

Isso vale para qualquer tipo de material.

Sendo assim, umas das atividades mais importantes da contabilidade é o controle de estoque, pois ele pode diminuir seus custos, aumentar o fluxo de entradas e saídas e evitar desperdícios.

Dessa forma, esse método também entende o procedimento das vendas.

Além de definir o volume ideal de compras e aumenta a lucratividade dos negócios, além de satisfazer o cliente.

Ainda mais, o controle de estoque contabilidade oferece praticar uma melhoria nos preços, agilidade no atendimento e qualidade no serviço.

Isso tudo se entrelaça, uma coisa leva à outra. Uma má gestão no estoque pode prejudicar a contabilidade do seu estabelecimento. Por isso as duas estão relacionadas.

Portanto, ter um estoque controlado é a garantia de que há a quantidade correta de produtos.

Assim, seu restaurante pode funcionar tranquilamente atendendo suas demandas e seus clientes.

A planilha para controle de estoque vai ajudar você na organização e lucro do seu restaurante!

3 dicas para ajudar no controle de estoque contabilidade

Quando se tem um estoque é importante contar com uma boa técnica para poder reduzir e evitar qualquer dano financeiro que coloque o restaurante no vermelho.

Por isso, existem diversos métodos que possibilitam que o controle de estoque contabilidade siga uma linha correta e lucrativa.

Sendo assim, com essas dicas você pode criar estratégias eficientes para sua gestão, além de corrigir falhas. Confira!

PEPS

O significado dessa sigla é “Primeiro que Entra, Primeiro que Sai” e funciona assim: o que chega antes no depósito deve ir embora primeiro e o que chega por último vai embora depois.

Dessa forma, por causa das características do métodos, os primeiros produtos a chegarem vão definir o valor total do estoque.

Um dos benefícios de utilizar esse procedimento é que o cálculo de valores não será baseado em estimativas.

Dessa maneira, todos os produtos a serem usados seguirão uma ordem lógica e sistemática, garantindo uma organização completa.

Outra vantagem é a redução de prejuízos causados por perdas de produtos, pois esse método evita que itens novos sejam vendidos antes daqueles que já estão no estoque há mais tempo.

UEPS

Esse método significa “Último a Entrar, Primeiro a Sair”, segue a linha contrária ao PEPS. 

O custo do estoque leva em consideração o preço das últimas unidades que chegaram e foram lançadas no controle de estoque contabilidade.

Logo, com esse procedimento, os preços mais recentes é que valem, já que reproduzem os últimos gastos com a reposição de mercadorias.

MPM

Essa sigla representa a “Média Ponderada Móvel ou Preço Médio Ponderado”, é um método bastante utilizado no país pela sua facilidade de implementação.

Portanto, com ele, o estoque é monitorado de maneira permanente, e a cada compra de mercadoria o cálculo de custos é refeito.

Dessa forma, se somam os custos do primeiro lote com os do segundo lote e se divide pela quantidade total de produtos.

Este controle faz com que o preço médio do patrimônio estocado apresente uma rentabilidade média e segura.

Resumo

Planilha Controle de Estoque - Baixe Grátis!