Frango no Balde: a nova onda que vem fazendo muito sucesso!

O frango no balde é a nova tendência de comida rápida!

É impossível se referir a esta comida sem lembrar do KFC, que surgiu em 1952 e, desde então, inspirou outros empreendedores.

Assim como roupas e sapatos, a comida e as opções de investimento também passam por tendência. E cabe a você aproveitá-las!

O frango no balde surgiu com uma nova onda que vem fazendo muito sucesso por onde passa.

Um fastfood com a cara do Brasil é sempre uma boa oportunidade que vale a pena ser conhecida.

Confira a abaixo algumas dicas para apostar no típico, mas também moderno, frango frito!

Frango no Balde: Vale a pena?

Todo o negócio pode valer a pena se você souber exatamente como trabalhar e investir seu dinheiro. E com o frango no balde não é diferente.

Esse tipo de negócio pode ser muito rentável se você vender um produto de qualidade e realmente agrade a clientela.

O frango é um tipo de carne muito consumida no Brasil, então, se houver uma boa produção e escolha de produtos, certamente irá valer a pena o investimento.

Mesmo que seja um negócio vantajoso, é preciso saber vender.

O frango no balde se tornou popular, por esta razão é bom tomar cuidado para que você não fique no limbo.

Aposte em um preço camarada, mas que não prejudique o seu financeiro. Em geral, o preço de desse prato, se for de 1 litro, sai por volta de R$ 17.

Tome este valor como base para iniciar. E não esqueça de incluir os custos com produção, mão de obra e relacionados.

Como vender frango no balde?

Quem se interessou pela novidade do frango com balde e quer montar um restaurante só com isso, pode ficar contente, pois é muito fácil montar um negócio assim.

O próprio modo de preparo desse prato é simples de fazer.

Basta apenas selecionar as partes que deseja trabalhar, temperar com o seu ingrediente secreto, empanar e fritar.

O ideal é montar um cardápio com várias opções, com cortes diferentes da carne ou até de outros tipos. Inovação é sempre bom, principalmente neste meio.

É bem comum também encontrar tamanhos diferentes dos baldes de frango, então aposte nisso.

Ofereça quantidades diferentes, que consigam atingir vários clientes.

Além disso, ainda pode ir para opção de delivery, que nos últimos tempos se tornou um dos principais meios de fazer uma refeição.  

Como montar um delivery de frango no balde?

Antes de começar a montar um delivery de frango no balde, é preciso encontrar um bom local.

Vá em busca de um lugar espaçoso e que tenha visibilidade para o público.

Não é necessário investir muito, mas é bom ir atrás de um local amplo, até porque você vai precisar de uma e cozinha potente para dar conta dos pedidos.

Inclusive, se você não tiver tanto dinheiro para investir, pode começar em casa mesmo.

O que conta é a qualidade do seu atendimento e do seu frango no balde.

Independente do local, monte um área na qual você consiga se movimentar e que caibam todos os equipamentos necessários para o trabalho.

Se escolher alugar ou comprar um espaço, vá atrás de materiais como:

  • Balcão;
  • Mesa inox;
  • Micro-ondas;
  • Panelas;
  • Fritadeira;
  • Fogão;
  • Processador de alimentos;
  • Exaustor;
  • Geladeira;
  • Telefone;
  • Impressora;
  • Internet.

 

 

Alvará para a venda de frango no balde

Mesmo que a sua pretensão não seja montar um restaurante de frango no balde, é bom se preocupar com o alvará.

A solicitação dele é importante para comprovar que você está funcionando conforme a lei.

Sendo assim, procure a prefeitura da sua cidade e a Vigilância Sanitária para comercializar o seu produto e para que eventuais multas não apareçam.

O comércio de produtos alimentícias é  muito rígido quantos às normas e cuidados com o consumo dos clientes, então não deixe nada disso de fora.

O recomendado, inclusive, é pesquisar sobre o assunto e até fazer cursos sobre higiene e manipulação de alimentos.

E, quando você receber seu alvará de funcionamento e todas as outras licenças, é indicado que deixe em lugar a mostra.

Assim, se algum fiscal for fazer a vistoria, ele poderá visualizar logo de cara.

Como se tornar um franqueado KFC?

Quem se interessou pelo frango no balde, ainda pode investir nas franquias do KFC, que a principal referência no mercado quando se trata deste prato.

De acordo com a empresa, existem algumas etapas que o investidor precisa cumprir para adquirir a sua franquia.

Ao todo são cinco passos para fechar a parceria com a empresa. Confira abaixo:   

  • Passo 1: Entre em contato através do e-mail kfcfranquias@yum.com falando a respeito do seu interesse de se tornar um franqueado da marca. Em seguida, a equipe do KFC entrará em contato pedindo uma apresentação sua em Power Point;
  • Passo 2: A apresentação será avaliada pela equipe da empresa, que é composta pelos membros da diretoria;
  • Passo 3: Caso a apresentação seja aprovada, ela vai para o comitê internacional;
  • Passo 4: Em um prazo de até 30 dias você será avaliado. Os pontos principais observados são: perfil, histórico e situação financeira;
  • Passo 5: Depois da aprovação com a matriz e auditoria pelo jurídico, você receberá uma carta de aprovação, que é o chamado Circular de Oferta de Franquia (COF).

Quanto custa uma franquia KFC?

Para investir nas franquias de frango no balde do KFC é preciso ter uma noção do tamanho da loja que deseja montar.

O valor varia de acordo com a localização e extensão da loja, então quanto maior ela for, mais dinheiro será preciso desembolsar.

Conforme as informações da marca, inicialmente, é preciso investir cerca de R$1.500.000.

Este valor é referente a uma franquia Food Court/ Chick, que são os restaurantes a partir de 55 m².

O tamanho da quantia se deve ao valor de construção é de R$800.000, a taxa de franquia, que fica em  R$48.000 e a compra do maquinário, que custa R$400.000.

Mesmo com todas essas informações, é indicado analisar se realmente terá como manter e investir em na franquia da marca.  

 

Baixe Planilha de Custos de Pratos