FALE COM CONSULTOR SAIPOS

Tudo sobre Gestão e Controle de Estoque

A planilha para controle de estoque vai ajudar você na organização e lucro do seu restaurante.

Por que fazer gestão e controle de estoque no meu restaurante?

A gestão e controle de estoque no seu restaurante ajudará a otimizar processos, causando impacto nos lucros, além de melhorar a gestão de compras e reduzir o desperdício.

Não é uma tarefa fácil e rápida, ela requer atenção e tempo, conceitos necessários para anotar tudo direitinho, sem margem de erros.

Sendo assim, a gestão e controle de estoque garantem o sucesso do seu restaurante, pois quer dizer que você mantém um negócio bem estruturado e organizado.

Por isso, a eficiência de realizar essa atividade é muito importante, em todas as etapas. Uma boa notícia é que existem recursos que podem automatizar esse processo.

Dessa maneira, você terá menos trabalho, mais tempo e gerará mais lucro. 

Dito isso, ao longo deste texto, a Saipos vai analisar o que é necessário para realizar uma gestão e controle de estoque com excelência. Bora?

O quão importante é a gestão e controle de estoque no restaurante?

Muito, pois podemos usar a metáfora de que o estoque é o “coração” do restaurante, é de lá que todos os suprimentos são retirados e utilizados de formas diferentes.

Portanto, é necessária uma atenção minuciosa para que essa gestão seja realizada corretamente, para toda a funcionalidade do seu negócio fluir sem estresse.

Então, os benefícios de ter uma boa gestão e controle de estoque seriam:

  • Melhorar o atendimento e o serviço: clientes satisfeitos e felizes são o resultado de um controle de estoque que evita a falta de ingredientes.
  • Melhorar o controle do restaurante:  com menos desperdício e compras corretas, a vida financeira do seu negócio estará sempre no verde.
  • Reduzir desperdícios: você saberá a data de validade dos produtos que acabaram não sendo usados e terá tempo de aproveitá-los.
  • Reduzir custos: com compras mais ajustadas o fluxo real de mercadorias do seu restaurante vai ser ideal.

Sendo assim, caso seu restaurante não tenha uma gestão e controle de estoque, o desastre pode trazer grandes prejuízos.

Com esses benefícios você já consegue ter uma noção de que esse processo é essencial para que seu estabelecimento tenha uma imagem de organização e profissionalismo.

Como fazer a gestão e controle de estoque em restaurante?

O primeiro passo é organizar, categorizar e classificar os produtos do seu estoque. É uma atividade demorada, mas extremamente necessária e importante.

Comece pelo básico, classifique de forma genérica os produtos:

  • Bebidas;
  • Pães;
  • Legumes;
  • Carnes;
  • Verduras;
  • Entre outros.

Você também pode criar subcategorias dos produtos, como “cervejas” e “refrigerantes” na área de “bebidas”. Isso dará mais atenção ao que é consumido e completará a planilha de estoque.

Dessa forma, lembre-se: quanto mais organizados e categorizados os itens estiverem, mais fácil será administrar o controle do que entra e sai do estoque.

Depois disso, o gestor ou responsável pelo estoque deve começar o processo de gestão de controle e anotar na planilha ou no sistema de controle de estoque todos as informações necessárias.

Custo unitário, custo total e quantidade de produtos vendidos são os principais dados que devem ser registrados. 

Portanto, com esses elementos você consegue saber a quantidade disponível de cada item, além de seus valores.

Para ajudá-lo nesse processo, baixe gratuitamente a planilha de controle de estoque que a Saipos preparou! É só clicar no banner abaixo!

Como melhorar a gestão e controle de estoque no restaurante?

Como falamos acima, um estoque bem organizado e com uma boa gestão é capaz de oferecer um serviço de excelência em diversas áreas.

Essa ação otimiza o tempo dos funcionários, melhora os recursos financeiros e aperfeiçoa a área de compras do restaurante.

Nesse caso, uma sugestão para melhorar ainda mais a gestão e controle de estoque seria ter uma ficha técnica de todos os pratos e drinks que o seu estabelecimento oferece.

Mas para que ela serve? A ficha técnica seria uma espécie de “escopo” de cada item que você comercializa, contendo os ingredientes e quantidades certas.

Nela, também é possível colocar os substitutos e preços de cada produto. Portanto, com a ficha você pode organizar sua mercadoria armazenada e entender suas necessidades.

Além disso, existem outras dicas que podem ajudar a aprimorar o processo de gestão e controle de estoque. Confira!

1. Controlar a entrada e saída de mercadorias

Bom, esse passo é uma ação básica e fundamental que deve ser realizada em restaurantes pequenos, médios e grandes.

Sendo assim, no início, muitos gestores utilizam as planilhas do Excel para realizar essa tarefa. Porém, com o crescimento do restaurante o método manual tende a ser menos prático. 

Dessa maneira, é uma boa ideia usar um sistema de controle de estoque e automatizar essa atividade, para uma melhor funcionalidade de todos os setores.

Uma dica para fazer o controle de entrada: solicite ao fornecedor a nota fiscal com a listagem dos itens comprados. 

O registro de ENTRADA deve conter informações básicas sobre os produtos, como:

  • Valor unitário;
  • Data de entrada no estoque;
  • Nome do fornecedor;
  • Prazo de validade do produto;
  • Quantidade de unidades repostas.

Já as informações necessárias para a SAÍDA dos produtos seriam:

  • Custo médio por unidade;
  • Data da saída;
  • Motivo da saída (evita fraudes, roubos e desvios);
  • Quantidade de unidades que saíram.

2. Faça um inventário

Mesmo com a gestão e controle de estoque, falhas podem acontecer, ainda mais se o processo é realizado manualmente.

Por exemplo, algum funcionário pode se esquecer de dar entrada ou baixa em algum produto, ou as informações sobre um item podem estar incorretas.

Sendo assim, para resultados mais confiáveis, é bom fazer um inventário de tempos em tempos, para ajudar a ajudar a entender melhor a sua capacidade atual.

Poder ser esporadicamente, uma vez por mês ou a cada 15 dias, o importante é que os dados oferecidos sejam conferidos.

O que essa ação possibilita? Com ela você evita desvios que podem não ser notados e corrige danos que podem trazer prejuízos para seu restaurante.

3. Faça relatórios e indicadores gerenciais

Procure integrar os outros setores do seu restaurante com a gestão de estoque, para melhorar a rentabilidade do seu negócio.

Portanto, uma maneira de automatizar e facilitar esse processo é utilizando um sistema de gestão integrado.

Com essa ferramenta, no momento em que um cliente pede um prato, o sistema automaticamente dará baixa no estoque, gerando uma lista para o setor de compras.

Dessa forma, um ERP (como também é chamado) pode ainda integrar a parte financeira e contábil do restaurante, criando relatórios que cruzam dados dos setores.

4. Automatize o processo e use um sistema de controle de estoque

A tecnologia serve para facilitar nossas vidas. Nada mais justo do que um gestor de estoque usar isso a seu favor e utilizar um sistema para gestão e controle de estoque.

Por isso, com um sistema de controle de estoque você terá vantagens, além de uma organização feita como uma checklist, otimizando tempo.

Os processos tornam-se centralizados, padronizados e com a facilidade de toda a equipe podendo acessá-los.

Além disso, um software de gestão e controle de estoque reduz a margem de erros em 80%. Redução de prejuízos é o que donos de restaurantes mais querem, não é mesmo?

Sendo assim, a Saipos – Sistema para Restaurantes possibilita que você tenha a precisão necessária das mercadorias que estão saindo, quais estão demorando mais e a frequência de reposição.

Interessante, não é? Então agende uma demonstração com um de nossos consultores e se surpreenda com o sistema mais simples, ágil e inteligente do mercado! É só clicar no banner abaixo!

10 dicas para gestão e controle de estoque de restaurante

Aqui separamos dicas valiosas para a gestão e controle de estoque que vão facilitar a vida do seu restaurante. Confira!

  1. Com base na temperatura, separe os alimentos em três grupos: o “seco”, o “para congelamento” (0ºC ou menos) e o “para refrigeração” (entre 0ºC e 5ºC);
  2. Os itens da categoria “secos” devem ser guardados em temperatura ambiente, com a distância de 25 cm do chão, 10 cm da parede e 60 cm do teto;
  3. Nunca armazene produtos de limpeza junto com os alimentos;
  4. Deixe os produtos nas embalagens de fábrica, geralmente de plástico ou vidro, pois são materiais apropriados para armazenagem;
  5. Separe os alimentos industrializados (enlatados, conservas) dos grãos e cereais;
  6. Classifique os produtos com nome, marca, fabricante, data de fabricação e prazo de validade;
  7. Caso precise retirar algum item da embalagem original por causa de algum dano, coloque-o em um recipiente com tampa;
  8. Empilhe os itens alinhadamente, em fileiras que façam o desenho de uma cruz ou “X”, para facilitar a circulação do ar;
  9. Não armazene os produtos de cabeça para baixo;
  10. Produto que vence primeiro, deve sair primeiro. A disposição dos itens deve obedecer a data de fabricação e validade.

Gostou das dicas? Agora é só colocar em prática a gestão e controle de estoque no seu restaurante e ter um negócio de sucesso!

Resumo

Saiba mais sobre Controle de Estoque Entrada e Saída

controle de estoque entrada e saída é um procedimento utilizado para monitorar as mercadorias armazenadas do seu restaurante para organizar e otimizar esse setor.

6 dicas de apps para controle de estoque grátis

Saipos vai ajudá-lo a escolher um aplicativo para controle de estoque e vendas grátis. Por isso, selecionamos os melhores para você conhecer e decidir começar a utilizar no seu restaurante!

Baixe agora Controle de Estoque grátis

Usando o controle de estoque grátis, você consegue monitorar as compras e vendas de produtos da sua empresa. Isso é uma tarefa super importante na gestão do seu negócio.

Planilha Controle de Estoque - Baixe Grátis!