iFood investirá em unidade de inteligência artificial

Chamada de ‘Academia de Inteligência Artificial’, área vai liderar pesquisas nas áreas de machine learning, deep learning e eficiência logística

Conteúdo Portal It Midia– A startup iFood anunciou nesta quarta-feira (10/04) que destinará US$ 20 milhões para a criação de uma Academia de Inteligência Artificial.

A nova unidade vai liderar pesquisas nas áreas de machine learning, deep learning e eficiência logística.

Segundo comunicado de imprensa do iFood, a área será comandada por Sandor Caetano, que assume como Head de Ciência de Dados, reportando ao vice-presidente de Inteligência Artificial e Inovação, Bruno Henriques.

Antes de ingressar na companhia, Caetano liderou a área de machine learning e ciência de dados do Nubank, além de ter atuado por mais de 10 anos em consultorias e empresas de tecnologia.

A estimativa, de acordo com o iFood, é que a divisão de inteligência artificial atinja 100 pessoas até o fim do ano.

Os esforços em inteligência artificial integram também os planos de expansão do aplicativo de entrega, que nos últimos 12 meses vem investindo na automatização dos processos de logística.

A nova unidade também é resultado de um aporte recente que a iFood recebeu no valor de US$ 500 milhões anunciados no ano passado pelos acionistas Movile, Naspers, Just Eat e Innova Capital. Segundo a empresa, somente neste ano foram investidos US$400 milhões.

De acordo levantamento da própria companhia, o iFood cresceu 130% nos últimos 12 meses. A empresa atingiu 17,4 milhões de pedidos no mês de março, no Brasil. No mesmo período anterior, eram 7,7 milhões de pedidos.

O número de novos clientes atingiu 12,6 milhões em mais de 500 cidades, incluindo 66 mil restaurantes e 120 mil entregadores trabalhando para atender o mercado brasileiro diariamente.

Conheça o sistema ideal para o seu restaurante