QUERO FALAR COM CONSULTOR

Marmitaria: Entenda como investir nesse negócio

Marmitaria: Entenda como investir nesse negócio

Para começar a investir em em uma marmitaria, é preciso conhecer as opções que este negócio oferece, tendo criatividade e variedades que atendam públicos variados.

O ramo de  marmitaria não para de crescer, e o motivo é simples: O dia a dia é cada vez mais corrido, o que limita muitas atividades, como por exemplo o hábito de cozinhar.

Por isso, muitas pessoas têm recorrido a uma alternativa para comer bem, de forma saudável e sem gastar muito.

É assim que as marmitas tem caído no gosto da população. Seja para fazer a refeição no trabalho ou até mesmo em casa. 

Ela é também uma maneira de evitar furos na dieta por conta da preguiça.

É por causa desse grande sucesso de vendas das marmitas, que preparamos esse artigo para te mostrar tudo sobre esse assunto. 

Continue lendo e descubra como pode ser simples trabalhar com marmitex!

Atendimento presencial ou delivery?

As duas opções são bastante rentáveis e podem trazer um resultado bastante interessante para as suas finanças.

No entanto, é importante analisar bem o que se encaixa melhor tanto na proposta do seu negócio, quanto ao seu orçamento.

Marmitaria: Venda presencial

Para montar uma marmitaria em um ponto estratégico, é preciso levar em conta os gastos muito maiores para preparar um espaço agradável para receber os clientes.

É preciso investir em mesas, cadeiras, decoração, balcão de atendimento. 

Esse gasto vale a pena? A resposta é  sim, mas vai depender muito do tamanho do seu orçamento.

Se o seu objetivo for abrir uma marmitaria em um local bem movimentado da cidade, próximo ao centro, escolas e indústrias, pode ser muito lucrativo.

Isso porque muitas pessoas estão saindo para fazer suas refeições neste horário. 

Neste caso, é possível deixar a comida em mesas de buffet, assim, ela permanece quente e pode-se servir de acordo com a preferência.

Dessa forma, o cliente terá as embalagens para  marmitex disponíveis para serem servidas conforme quiser. 

Nesse caso, o valor cobrado pode ser por marmitex, sem pesagem, limitando apenas a quantidade de carnes.

Outra ideia muito boa é tentar conseguir uma parceria com alguma academia, por exemplo. 

O público que se preocupa mais com a saúde costuma aceitar bem esse tipo de comida. 

Marmitaria: Venda delivery

Vender por delivery evita que você tenha muitos gastos com a elaboração da estrutura necessária para o atendimento presencial.

Dessa maneira, fica muito mais fácil conseguir o dinheiro necessário para investir no início do seu negócio.

Muita gente, inclusive, opta por trabalhar apenas com o delivery, mas após acumular caixa, abre a possibilidade de montar uma marmitaria com atendimento presencial.

Marmita combina perfeitamente com delivery. Optando por esse modelo de venda, dá para focar na venda de combos.

Isso quer dizer que, é possível adquirir uma quantidade suficiente para a semana, ou até mesmo para mais tempo.

A partir dessa possibilidade, muitas marmitarias conseguem obter grande crescimento em pouco tempo.

Isso por conta da qualidade, variedade e custo benefício de comprar as refeições em maiores quantidades.

Esse crescimento se dá a partir das plataformas de delivery de comida, como o iFood, Rappi, Uber Eats, Delivery Direto e Accon.

E o motivo é que, dentro dos apps, pode-se dizer que a sua marca tem a vantagem de receber propagandas. 

Isso acontece porque os aplicativos sobem o seu estabelecimento de acordo com a localização, preços e promoções.

Mas, para aproveitar ao máximo tudo que o delivery pode lhe oferecer, é necessário possuir um bom sistema de gestão. 

A Saipos tem um sistema simples, ágil e inteligente, que lhe permite acompanhar os pedidos feitos nas principais plataformas em tempo real, tudo em uma só tela.

Assim, você evita atrasos na entrega e ainda tem mais agilidade para preparar as marmitas.

Além disso, o sistema da Saipos também pode ajudar no controle do fluxo de caixa e de estoque. 

Então, se você quer aproveitar o que o delivery pode oferecer de melhor, ter um sistema como este é indispensável.

Como vender combo de marmitas semanal?

A melhor maneira de vender os combos semanais é através dos deliveries. Para começar nesse segmento, aposte na divulgação para o seu público alvo e clientes que já compram com você.

Para quem precisa fazer as refeições diárias fora de casa, um combo de marmitex é muito útil, prático e acessível.

Sem dúvidas, compensa muito mais comprar em maiores quantidades, porque o valor é bem mais em conta.

Por isso, ter dentro do seu cardápio os combos de marmita é super favorável. O valor da unidade pode ser mais barato quando adquiridos dentro do combo. 

Esta é uma ótima estratégia para conseguir aumentar o ticket médio do cliente. 

E se ele receber um produto saboroso e que atenda suas expectativas, certamente comprará mais vezes.

Assim, você consegue clientes fiéis, já que após começarem a confiar no seu trabalho, não terão motivos para comprar de outro lugar.

Outra coisa que aumenta muito as suas chances de crescer no nicho de marmitaria, é disponibilizar refeições fitness e veganas. 

Cardápio para marmitaria

Apesar das chances de prosperar nesse nicho serem enormes, é preciso focar no que há de mais importante para que as suas marmitas façam sucesso: O cardápio!

Quem compra as refeições em quantidades maiores, não vai querer comer a mesma coisa todos os dias.

Assim como, quem compra uma marmita esporadicamente, não vai gostar de receber um cardápio que não agrada o seu paladar. Por isso, apostar na variedade é a melhor opção. 

No entanto, com o crescimento do número de pessoas que vem adotando alimentações mais saudáveis, é importante pensar em refeições que respeitem os mais variados estilos de vida.

Como montar um cardápio semanal fitness?

Para atender a demanda das marmitas fitness, é necessário conhecer bem como os cardápios diários precisam ser elaborados.

Cada pessoa tem uma necessidade de calorias e nutrientes diários diferentes, então nada impede que você permita um diálogo mais pessoal com ele, com a possibilidade de um combo personalizado.

Nesse caso, o valor do combo pode subir, o que é bom para você. Enquanto, por outro lado, as refeições atenderão perfeitamente as necessidades do cliente, o que é ótimo para ele.

Mas no geral, evite frituras, gorduras e excessos de carboidratos. Por outro lado, aposte nos vegetais, sejam eles crus ou refogados. 

Outra opção muito boa é adotar o hábito de inserir de alguma forma as castanhas, amêndoas, chia e quinoa.

As carnes devem ocupar um bom espaço na marmitex, já que as proteínas são fundamentais para uma dieta balanceada.

Abaixo, preparamos algumas sugestões de marmita fit. Confira!

Segunda- feira Terça-feira Quarta-feira Quinta-feira Sexta-feira
Panqueca de couve com guisado de carne bovina  Filé de frango grelhado Carne bovina de panela Atum ralado com molho vermelho Strogonoff Light
Purê de batata doce Quinoa cozida Purê de mandioquinha Macarrão integral  Empada de brócolis low carb
Molho de tomate fresco Brócolis com molho branco light Salada mix de cenoura e beterraba ralada Salada de pepino, tomate e repolho ralado Arroz integral com brócolis
Salada de folhas verdes com ricota e tomate cereja Refogado de abobrinha Farofa de castanhas Refogado de abóbora com milho Salada mix de folhas 

É importante que quem consome as marmitas lights não perceba no gosto essa economia de calorias. 

Tente sempre inovar e agradar o cliente com substitutos daquelas receitas que todo mundo ama, como o strogonoff, por exemplo.

Marmita para os veganos

Como você já deve saber, muitas pessoas tem adotado um estilo de vida que vai muito além da dieta alimentar: o veganismo.

Para alcançar a preferência desse público, é preciso levar a sério tudo que envolve a alimentação vegana, porque, acima de tudo, cozinhar exige respeito a escolha do outro.

Então, a maior dificuldade com a qual você precisa se adaptar, é o tempo de preparo dos alimentos.

Isso porque, geralmente essas receitas são mais demoradas, como por exemplo, a carne de soja, que precisa de várias etapas até ficar pronta.

Mesmo nas marmitas veganas, segue nosso conselho anterior: Tente sempre fazer receitas com ingredientes substitutos.

Assim, sem fugir da proposta, você consegue suprir a vontade do cliente de comer coisas que gostava antes de aderir ao veganismo.

Abaixo, deixamos algumas opções de cardápio para marmitex vegana.

Dia 1
  • Quinoa cozida
  • Strogonoff de cogumelos
  • Castanhas
  • Abacate cortado em fatias
  • Couve refogada 
  • Tomate fresco

Como vender marmita vegana?

 

Dia 2
  • Linhaça
  • Lasanha vegana de berinjela
  • Refogado de cenoura e abobrinha
  • Feijão branco
  • Salada de rúcula com cebola
  • Espinafre

Marmitaria – refeições congeladas

Se vender marmitas em quantidades maiores for o seu objetivo, será necessário congelá-las.

Para isso, é preciso ter atenção com algumas questões, como por exemplo, o tipo de embalagem. 

É importante entender que no dia a dia, o mais comum é retirar a marmita do congelador, e levá-la direto ao microondas. Por isso, o plástico da embalagem precisa ser adequado.

O nome do material ideal para esse caso, é polipropileno, que é um plástico mais resistente, que não libera toxinas e é menos prejudicial ao meio ambiente.

É necessário que a embalagem seja segura, ou seja, não corra riscos de ser danificada no transporte. Por isso, verifique se ela fica bem vedada.

Existem embalagens de diversos tamanhos, assim, você pode ter combos com diferente quantidade de alimento.

Você encontra embalagem de 200ml até 1000ml. Mas atenção: Conheça bem o fornecedor para não ter problemas com as suas marmitas!

É fundamental que você providencie os equipamentos necessários para que as marmitas congeladas possam ser armazenadas com segurança, sem correr risco de descongelar.

Por este motivo, o interessante é ter também um gerador de energia, para manter as refeições refrigeradas em casos de quedas de luz.

Capriche na divulgação da sua marmitaria!

Por mais que o seu produto seja de qualidade, se você não se empenhar em ser visto, não terá clientes.

Por isso, existem algumas maneiras de mostrar para as pessoas que o seu estabelecimento existe e deixá-las com vontade de experimentar. 

Criação de identidade visual

Sua identidade visual é muito importante para o sucesso do seu negócio. Para isso, é preciso definir as cores que serão a cara da sua marmitaria e  também a sua logo.

Quando um cliente vê o símbolo que representa a sua marca, ele imediatamente lembrará de você.

Da mesma maneira que você lembra de grandes marcas apenas por ver a sua logo. Isso significa que a identidade visual foi bem definida.

Dessa forma, sua marmitaria sempre será lembrada, o que certamente irá gerar mais vendas.

Também é muito importante que as suas embalagens tenham algo que mostre que ela veio da sua marmitaria. 

Pode ser a sacolinha, um adesivo na embalagem ou a cor predominante da sua identidade visual.

Presença nas redes sociais

Essa etapa certamente é mais importante do que você imagina. Marcar presença nas redes sociais é algo fundamental atualmente.

E o Facebook e Instagram exercem muita influencia no seu crescimento, isso porque cada um deles possibilita algum ganho positivo.

No Facebook, é possível divulgar seus produtos através dos grupos. 

Nesses espaços, dá para encontrar públicos com maior interesse em marmitas, como por exemplo, os que tem temática de alimentação saudável.

Já no Instagram, o foco são as fotos. Todo mundo sabe que além do sabor, o alimento precisa ter uma aparência atraente. Afinal, o cliente também come com os olhos.

Por isso, capriche nas imagens produzidas a partir das suas marmitas. 

Você mesmo pode desempenhar a função de fotografar as refeições, apenas possuindo boa iluminação e uma câmera com resolução adequada.

Além disso, os vídeos são muito bem vindos, e costumam chamar bastante atenção. 

Por isso, capriche em materiais que mostram como os alimentos são preparados, por exemplo.

Este tipo de ação aumenta a confiança das pessoas sobre a sua comida, e quando o negócio conquista esse sentimento nos clientes, os ganhos costumam aumentar muito.

Acostume-se a utilizar o Whatsapp também para falar sobre os pedidos e enviar promoções.

Panfletos e folders

É verdade que as pessoas vivem no telefone e por isso alcançá-las através da internet pode ser muito simples. 

Mas, isso não quer dizer que os tradicionais panfletos não possam ser utilizados. 

Pelo contrário, eles podem desempenhar um papel importante na divulgação do seu restaurante.

E isso se potencializa se for entregue nos horários de pico ou próximo às refeições, como ao meio dia, por exemplo.

Dê atenção ao design para que fiquem modernos e atrativos, sempre dando evidência as imagens das suas marmitas.

Atendimento de qualidade é a chave para conquistar o cliente

É fundamental entender a importância que o atendimento tem para os bons resultados da sua marmitaria.

Atender de forma excelente vai muito além de ser gentil e educado. Os clientes querem se sentir importantes.

Para isso, a sugestão é que você planeje ações com esta finalidade. 

Promoções, bônus e brindes fazem com que as pessoas notem o cuidado que o seu negócio tem com a “felicidade do cliente”.

 

Resumo

Planilha Para Calcular o Custo das Marmitas