QUERO FALAR COM CONSULTOR

Marmitex embalagem: Como escolher a ideal?

Não sabe como conservar alimentos? Neste ebook iremos te ensinar!

Marmitex embalagem: Como escolher a ideal?

A marmitex embalagem ideal é aquela que consegue armazenar com segurança os alimentos, mantendo-os com a mesma aparência do momento do preparo. 

Muitas pessoas não dão a devida importância para a embalagem dos seus produtos, e este é um dos erros que fazem com que os clientes muitas vezes deixem de comprar no estabelecimento.

Além da qualidade, é preciso pensar em quanto se pode gastar com esse item, e quais modelos dizem mais a respeito da proposta do seu restaurante.

Por isso, preparamos este passo a passo para te ensinar quais critérios precisam ser levados mais em conta no momento da escolha. Confira!

Quais são os tipos de material de cada marmitex embalagem?

A variedade de marmitex embalagem é cada vez maior. As opções mais conhecidas são as de alumínio, plástico, papelão e isopor.

Embora existam muitas variações, provavelmente um desses modelos será eficiente para o seu negócio.

Marmitex embalagem isopor

As embalagens de isopor (poliestireno expandido) ainda são escolhidas por muitos restaurantes por causa da sua capacidade de manter a temperatura do alimento.

Ainda mais considerando o baixo custo, que é de cerca de 40 centavos por unidade.

Mas na verdade, a tendência é que em breve o uso de isopor para embalagens de alimentos possa ser banido.

Isso porque, em alguns lugares do mundo já é ilegal vender comida em invólucros de poliestireno expandido.

O motivo dessa ação é o tempo que o material leva para se decompor, até 150 anos, causando graves danos à natureza.

Além disso, ele é facilmente confundido com alimentos pelos animais, que acabam consumindo-os. Isso acaba levando muitos animais a morte.

Portanto, o que se pode entender dessa característica do poliestireno expandido é que ele deve ser evitado, mesmo que ainda esteja sendo aceito no Brasil.

Inclusive, muitos clientes levam a sério a questão ambiental, e certamente terão uma visão ruim do seu negócio se essa for a sua escolha de marmitex embalagem.

Marmitex embalagem papel

Apesar das embalagens de alimentos contribuírem muito para o grande índice de poluição mundial, esse mercado vem evoluindo e se adaptando.

É o caso da marmitex embalagem de papel. Ela é muito eficiente quando se trata da resistência a altas temperaturas.

Inclusive, diferente do que muitas pessoas pensam, é possível até mesmo levar a embalagem para o microondas sem problema nenhum.

Além disso, ela é muito leve, o que facilita nas entregas. E um ponto que pode auxiliar muito na imagem do seu restaurante é personalizar a marmitex embalagem.

Este tipo de embalagem é perfeito para personalização, já que pode ser impresso facilmente  por um valor acessível, trazendo a cara do seu negócio.

 

Marmitex embalagem alumínio

As embalagens de marmitex em alumínio costumam ser as mais escolhidas por conta do baixo preço. 

Alguns modelos, inclusive, custam apenas 25 centavos. Este tipo de embalagem é considerado eficiente, porém, apenas para transporte em pequenas distâncias.

Isso porque, apesar de ser de alumínio, não consegue manter o calor da comida por muito tempo.

Existe marmitex embalagem de alumínio com tampa de papel, elas costumam ser mais práticas por não precisarem ser lacradas.

Isso porque, as marmitex que possuem toda a estrutura nesse material precisam de uma máquina seladora para serem fechadas corretamente.

Marmitex embalagem de plástico 

As embalagens de plástico são muito úteis quando se vende combos semanais, pois, nesse caso é preciso levá-las ao freezer e também ao microondas.

Nesse caso, o melhor material é o polipropileno, muito mais resistente às temperaturas.

Você encontra vários tipos de tamanho no mercado, que podem atender diferentes propostas de quentinhas delivery.

Quais os formatos de marmitex embalagem? 

Depois de escolher o material ideal para a sua marmitex, é preciso definir o modelo.

Isso porque, existem tipos variados, cada um mais específico para um tipo diferente de comida.

Marmitex embalagem – Bandeja com divisória

A bandeja com divisórias é a que mais consegue agradar o cliente, já que ela mantém cada tipo de alimento separado.

No entanto, esse tipo de recipiente é mais caro, podendo superar 1 real cada unidade.

Outra desvantagem é o tamanho. A bandeja ocupa mais espaço e costuma ser mais difícil de ser transportada.

Um cardápio de marmitex pode garantir a felicidade do seu cliente, pois dá a possibilidade de planejar as refeições.

Marmitex embalagem – Box

As embalagens estilo box, geralmente escolhidas para comida japonesa, também tem sido utilizadas para as marmitex.

É uma novidade e também comporta de maneira excelente os alimentos. No geral, os box são feitos em papel específico para armazenar comida, resistente ao calor e a umidade.

Marmitex embalagem – Circular com tampa

As embalagens circulares e com tampa são bastante utilizadas, no entanto, o cliente costuma preferir as que tem o formato quadrado, pois são mais fáceis de guardar.

Além disso, a comida parece ficar mais organizada em recipientes quadrados e retangulares.

Este formato pode ser encontrado no mercado especializado com os mais diferentes materiais.

Marmitex embalagem sustentável

Cada vez mais as pessoas tem se importado com a sustentabilidade. 

Essa onda tem crescido muito, acompanhando o estilo de vida das pessoas que vem dando mais atenção a uma alimentação saudável. 

Para acompanhar essa tendência, a dica é investir em embalagens sustentáveis. Materiais como isopor e alumínio, podem sim, ser reciclados.

No entanto, como esse processo não é lucrativo financeiramente, a reciclagem geralmente acaba não acontecendo.

Por isso, sempre que possível, é muito interessante disponibilizar uma embalagem ecologicamente correta. 

Se não quiser fazer isso sempre por conta do custo, uma ideia interessante é separar um dia da semana para inserir no cardápio uma refeição vegana.

Embalagem biodegradável, o que é?

Chamamos de biodegradáveis, as embalagens que são feitas por material capaz de ter sua estrutura desfeita em contato com a natureza e seus agentes naturais, como bactérias e fungos. 

Tipos de embalagem biodegradável

Ao contrário do que se pensa, é possível utilizar embalagens biodegradáveis feitas pelos mais diversos materiais, alguns bastante diferentes do que estamos acostumados.

Plástico PLA: O plástico de poliácido lático pode ser usado para vários tipos de embalagem e também sacolas.

Caso haja contato de micropartículas do PLA no organismo do consumidor, ele não é prejudicial, já que se transforma em ácido lático.

A desvantagem é que para acontecer a biodegradação corretamente, é necessário que o material seja direcionado para usinas de compostagem.

Nesses locais, há luz e microrganismos em quantidades corretas. Porém, sabemos que a maior parte dos resíduos do Brasil acabam indo para aterros sanitários.

Papel ecológico: O papel ecológico é preparado a partir da reciclagem de itens feitos em papel ou papelão.

Para que a embalagem consiga manter o produto, independente da sua consistência, algumas versões utilizam uma barreira também biodegradável, para proteger o papel.

O papel biodegradável, assim como o papel convencional, possibilita uma personalização bem elaborada, já que a impressão no material é bastante simples.

Certamente, utilizar esse tipo de material trará mais valor ao seu negócio, principalmente se a sua ideia for fornecer marmitex veganas ou vegetarianas.

Embalagem biodegradável e inovação: Uma alternativa já disponível no mercado é a utilização de papel reciclado misturado a sementes.

Dessa forma, após utilizar a embalagem, o cliente pode picar o material e plantá-lo. Mas se essa iniciativa deixar o orçamento muito alto, há outra alternativa.

As cintas para embalagem são utilizadas em vários tipos de produto, elas dão um charme a mais e ainda servem como marketing, já que podem ilustrar a sua marca ou uma mensagem específica.

Portanto, é possível também adquirir cintas de papel semente para complementar a sua marmitex embalagem, que também servem como um presentinho para o cliente.

Marmitex embalagem retornável

Sabemos que muitas vezes o cliente compra combos de marmitex semanal. Geralmente, ele opta por esse tipo de alimentação pois precisa atender uma dieta especial.

Isso porque, o número de pessoas que adere a dieta vegana e vegetariana tem crescido muito. 

E é nesse caso que a possibilidade de utilizar marmitex embalagem retornável se torna mais interessante. Dessa maneira, você pode investir em recipientes bem customizados.

O cliente terá grandes chances de se envolver nessa iniciativa, pois é uma maneira eficaz de ajudar o meio ambiente, e isso é exatamente o que muitas pessoas querem.

Pote de vidro reutilizado

Alguns negócios focados em delivery de comida saudável utilizam até mesmo, embalagens de vidro reutilizadas, como aquelas de conservas e seletas de legumes.

Além disso, utilizar esse tipo de embalagem já é um diferencial, e esse é outro ponto extremamente importante para contribuir com a fidelização de novos clientes.

E não pense que essa iniciativa poderá mostrar algum tipo de desleixo em relação a sua comida, pelo contrário.

Isso deixa as suas marmitas com muito mais personalidade e estilo, e o custo com as embalagens será baixíssimo, já que elas poderão retornar para o seu negócio após o uso.

Substitua o plástico sempre que possível

A grande maioria dos restaurantes precisa de uma sacola para armazenar o recipiente na hora da entrega, ou, até mesmo quando a venda é presencial.

O habitual é utilizar as convencionais, que são feitas de plástico, já que o valor delas é muito acessível.

Mas o que poucas pessoas sabem é que as embalagens plásticas que são biodegradáveis também tem um custo baixo. 

Então aderir a elas não fará uma diferença muito significativa no seu orçamento. E ainda, nada impede que elas sejam impressas com a sua marca, ou até mesmo com um tema sustentável.

Desse modo, o cliente poderá reutilizar sua sacolinha para outras finalidades, assim como também pode ser feito com as feitas em papelão. 

Ou seja, não utilizando as convencionais, de plástico, já é um avanço enorme.

Marmitex embalagem: Oportunidade para o marketing

Embora muitas pessoas não valorizem a parte de embalagem das marmitas, esta é uma etapa que pode contribuir muito para a fidelização dos clientes.

Isso porque, é uma ótima maneira de fortalecer a imagem do seu restaurante, mas como fazer isso?

Primeiro, é necessário ter um logo do seu empreendimento, bem como as cores que representem bem a sua proposta.

Tendo isso em mãos, é possível providenciar embalagens personalizadas, com o seu logo, cores, número de telefone e/ou endereço do seu negócio.

Mas, além disso, é preciso criar o hábito de colocar mais empenho nessa fase de  preparação do marmitex.

Considerando que personalizar embalagens pode ser algo inviável  para muitos empreendedores, é possível dar um toque especial às suas embalagens.

Para fazer isso, uma boa sugestão é utilizar adesivos da sua marca, que costumam ser muito baratos.

Mas se nem isso for possível, tente colocar um toque mais pessoal, isso pode ser feito apenas com uma mensagem, escrita de caneta mesmo, na embalagem.

Esse tipo de atitude costuma deixar o cliente se sentindo mais importante para o estabelecimento, então, vale a pena investir um pouquinho de tempo e dinheiro.

5 cuidados para escolher a melhor marmitex embalagem

Para que todo o cuidado que você tem com a comida das suas marmitas não seja jogado no lixo, é preciso ter muito cuidado para escolher a marmitex embalagem ideal. 

Por isso é preciso ficar atento a 5 pontos principais. E você vê a seguir!

1. Coerência com a proposta do negócio

Não adianta ter uma embalagem linda e funcional, se ela não se encaixa com os ideais do seu negócio.

Por exemplo, imagine vender marmitex veganas em uma embalagem de isopor. Acha que isso faria sentido?

Certamente não! Esse é um exemplo claro de que o invólucro da sua marmita também precisa casar com o tipo de proposta do seu estabelecimento.

2. Manutenção da temperatura

Cuidado quando for escolher a sua embalagem ideal. Alimentos aquecidos que se encontram entre 30 e 40 graus são propícios a ser contaminados por bactérias como a salmonela.

Então, se possível, deixe o alimento aos 60 graus pelo máximo de tempo possível antes de colocar o alimento na marmitex embalagem.

Por isso é tão importante que o material escolhido seja capaz de conservar essa temperatura o máximo possível.

Para o cliente, a melhor coisa a se fazer é consumir o alimento em no máximo uma hora e meia. Inclusive, essa recomendação pode estar inserida na embalagem.

3. Atenção a consistência do alimento

Prestar atenção ao seu tipo de prato ajuda a evitar problemas referentes ao vazamento do produto.

Por isso, é interessante dispor de mais de um modelo de marmitex embalagem. 

Assim, se em um determinado dia da semana, o cardápio incluir alimentos líquidos como sopas ou feijoada, você não correrá risco de que o alimento derrame.

4. Escolha de fornecedores

Definir bem quem serão os fornecedores de embalagem do seu negócio é algo importantíssimo.

Por isso, é fundamental pesquisar a fundo sobre todas as opções que existem perto de você. Lembre-se também de procurar na internet.

Comprar em quantidades maiores também é muito importante para pagar um preço mais acessível.

5. Ofereça algo a mais

Um diferencial para a sua marmitex embalagem é incluir nela algum tipo de etiqueta que bonifique após determinado número de compras.

Como brinde, uma sugestão que coloca valor sobre o seu negócio, são produtos sustentáveis de uso contínuo, como copos, por exemplo.

Existem no mercado diversos modelos de copos biodegradáveis e também embalagens reutilizáveis para serem utilizadas no dia a dia, no momento das refeições.

Resumo

Como conservar alimentos corretamente