QUERO FALAR COM CONSULTOR

McDonald’s faz parceria com Uber Eats para entregar comida via drone

Novidade deve entrar em vigor já neste verão do Hemisfério Norte

Conteúdo ZH- Os moradores da cidade de San Diego, nos Estados Unidos, devem ficar atentos a uma novidade que vem, literalmente, do céu.

O McDonald’s fechou uma parceria com o serviço de entrega de comida Uber Eats, e será a primeira rede de restaurantes a testar o envio de lanches via drone.

Ainda não há data definida para a implantação da novidade, mas a expectativa é de que os testes comecem neste verão do Hemisfério Norte.

A notícia foi anunciada durante o congresso Uber Elevate, que ocorre até esta quinta-feira, em Washington, nos EUA.

Foi anunciado ainda que, até o final deste ano, o restaurante Juniper & Ivy será incluído no programa, que ainda não tem previsão de chegada no Brasil.

A ideia do Uber Eats é que os drones façam parte do percurso que será finalizado por entregadores convencionais – de carro, de moto ou bicicleta.

A lógica de funcionamento do serviço será a seguinte: no restaurante, a refeição é colocada em uma caixa de dimensões padronizadas.

Uma vez encaixada ao drone, o dispositivo voa até um ponto de distribuição para que os entregadores fiquem com a responsabilidade de realizarem o transporte final até os clientes.

Um dos motivos que fará a Uber trafegar por ar em parte do caminho da entrega é o grande número de áreas em que esse voo não é permitido pela FAA (Administração Federal de Aviação, em inglês), entidade que controla o espaço aéreo do país.

Essa notícia é mais um indicativo da corrida que se instaura entre grandes empresas pelo serviço de entrega aéreo.

Isso porque, na semana passada, a Amazon anunciou que “em questão de meses” começará a testar entregas em seu drone Prime Air.

E, em maio, o Google revelou que Helsinque, na Finlândia, seria o primeiro local de testes para entregar comida em drones.

 

 

 

Baixe a Tabela de NCM's para Restaurante, Bar, Lanchonete e Delivery