QUERO FALAR COM CONSULTOR

Como montar restaurante do zero passo a passo

Como montar restaurante do zero passo a passo

A primeira coisa que você precisa saber antes de montar restaurante é que existem diversos modelos gastronômicos para serem escolhidos.

Determinar qual será o modelo gastronômico que você quer é uma tarefa complexa.

Depende muito de quanto poderá gastar, o que pretende oferecer, se tem conhecimento prévio com algum tipo de comida.

Então, antes de começarmos a falar sobre o que você vai precisar para iniciar o seu estabelecimento, mostraremos quais são as diferenças entre os modelos de restaurante.

O que é um restaurante típico?

Montar restaurante típico quer dizer que você terá que produzir alimentos de um determinado país ou região. É comida típica mesmo, como por exemplo, a mexicana ou italiana.

Muitas vezes o dono tem o sonho de abrir um negócio com o cardápio focado em um tipo de alimentação que gosta muito ou que tem a ver com a sua personalidade.

É mais interessante quando o gestor se identifica com o que é oferecido naquele local, pois torna o clima ainda mais alinhado com a proposta que o restaurante quer passar.

Nesse caso, para elaborar um plano que dê certo, o restaurante precisa contar com uma equipe que tenha conhecimento sólido sobre aquela classe de comida.

O ambiente precisa ser pensado com mais cuidado, para que remeta ao que serve ali.

O que é um Delivery?

No Delivery, você não precisa se preocupar com um espaço fixo. O cliente escolhe o que quer comer e você manda por tele entrega.

Se você pretende montar esse negócio, saiba que essa pode ser uma grande sacada para inflar seu caixa até você poder abrir um espaço físico.

Não que isso seja uma obrigatoriedade. É possível optar apenas pelo Delivery e oferecer um serviço de muita qualidade, podendo lucrar até mais.

Mas nesse caso é necessário ter mais cautela com as entregas. Você precisa de velocidade para conseguir atender a todos os pedidos sem atrasos.

É fundamental que seja bem pensado se o tipo de alimento que quer vender é fácil de transportar. 

Porque alguns produtos necessitam de embalagens bem específicas, para evitar que a comida derrame ou esfrie.

Esse tipo de embalagem pode ser cara e você precisa estar preparado para isso.

O Delivery pode ser uma maneira inteligente de iniciar no ramo de alimentação.

O que é um Self-Service?

Essa opção é interessante, principalmente para quem está iniciando no ramo de alimentação. 

Isso porque, no Self-service você já deixa alguns pratos pré estabelecidas, o que te permite se organizar melhor para preparar aquele cardápio.

O cliente que chega, escolhe o que quer comer de acordo com as opções do dia. Nada impede que você ofereça a opção Delivery com o cardápio do seu Self-service.

Assim, o cliente pode comprar de acordo com o que você tem disponível para o dia.

O que é um Rodízio?

No rodízio o cliente pode consumir o quanto quiser, pagando um valor único. Esse tipo de restaurante costuma ser bem atraente para o consumidor.

Mas você precisa estar bem consciente dos lucros e gastos, para não ter surpresas desagradáveis no final do mês.

O que é um Fast Food?                             

Os Fast-Foods são conhecidos por servir lanches rápidos, como hambúrgueres, batata frita e refrigerante.

Montar restaurante Fast-food também é considerado uma boa maneira de lucrar bastante, já que muitas pessoas frequentam estes locais.

Escolhendo esse modelo, você também precisará ter muita atenção com o tempo de entrega, já que são refeições rápidas.

Precisará ter uma equipe ágil e acostumada a fazer esse tipo de preparo rápido. Muitos optam pelos Food Trucks para preparar os Fast-Foods. Uma boa maneira de unir a praticidade com a modernidade desse tipo de negócio.

O que é um restaurante À la carte?

Um restaurante À la carte é aquele em que o cliente escolhe o que quer comer diretamente do cardápio.

Montar restaurante nessa área vai demandar muita organização. Você terá um cardápio e precisará estar sempre apto a fazer qualquer uma das opções presentes ali.

Acontece muito do cliente pedir um prato e o restaurante não poder atender o pedido, por falta de algum ingrediente, por exemplo.

Portanto, se não tiver prática nessa área, tem que ter noção de que no início pode ser difícil conseguir manter a organização, e esta é peça chave para o bom desempenho do seu negócio.

Agora que já sabe mais sobre as opções que tem disponíveis para você, vamos falar sobre um passo a passo necessário para dar início ao seu projeto.

Como montar um restaurante? 

Montar restaurante requer paciência e organização. É fundamental que você leve muito a sério todas as etapas necessárias e não se precipite. 

Seguindo os itens que vamos te explicar, com certeza vai ter muito mais facilidade para abrir seu negócio gastronômico. 

Então fica atento pra pensar em todas as informações abaixo e elaborar  o seu planejamento da maneira mais segura para o seu sucesso.

Defina o público alvo

Independente de qual tipo de restaurante escolhido, precisará analisar se o seu público alvo está de acordo com o local em que vai abrir o seu negócio de alimentação. 

Isso varia também de acordo com o número de estabelecimentos com a mesma proposta perto do seu.

Quando você especifica qual é o seu público alvo, tudo no seu negócio precisa girar em torno dessa sua persona.

Estude os concorrentes

Quando se vai abrir um novo negócio, independente do ramo, é completamente necessário que os principais concorrentes sejam analisados.

Observe como eles trabalham, quais os pontos altos do negócio, o que está fraco.

Esses pontos podem ser trabalhados a fim de superar o concorrente, mas isso não quer dizer que você deva abrir o seu espaço perto de um local com proposta semelhante.

Estar muito perto de um estabelecimento com uma bagagem maior, clientela já fixada e tempo de trabalho pode ser com certeza muito arriscado.

É melhor evitar riscos ao máximo sempre que possível, por isso administrar um restaurante requer tanta seriedade e responsabilidade.

Encontre os melhores fornecedores 

Fornecedores são parte muito importante quando se quer montar um restaurante. 

Além de pesquisar valores, você precisa analisar a reputação deles, tempo de entrega, taxas extras, e claro, a qualidade dos produtos. Se você for abrir um restaurante de peixes ou um estabelecimento de comida japonesa, precisará de fornecedores muito confiáveis.

Isso porque esses produtos são muito sensíveis, e comprá-los de um lugar sem procedência pode acabar estragando a imagem do seu negócio.

É um momento que possibilita conseguir algum desconto. Lembre-se, todo corte de gastos é muito importante.

Planeje a sua estrutura

A sua estrutura é a cara do seu negócio. Ela precisa estar de acordo com a sua proposta.

Você precisa dar valor a este ponto, pois o seu espaço é o que vai definir que o seu cliente se sinta à vontade e confortável.

Lembre-se que hoje em dia, apenas fazer uma boa comida não é suficiente.

Dados mostram que o ramo de alimentação segue crescendo ano após ano. Isso quer dizer que concorrentes sempre existirão.

É por isso que você precisa encontrar diferenciais possíveis de serem criados, e o estilo do seu negócio conta muito pra isso.

Isso não quer dizer que você precise gastar uma fortuna na elaboração deste local. 

Mas ter bom gosto e se esforçar para passar uma boa sensação para os seus clientes é fundamental.

Faça orçamento dos equipamentos necessários

Mas o que comprar para montar um restaurante? Você vai precisar de vários equipamentos, como fornos próprios, freezers e geladeiras, fogões, além dos utensílios menores

Dependendo do tipo de restaurante, os valores podem ser bem altos, por isso é tão importante que você pesquise a fundo esses objetos. 

Orçar bem os valores é necessário, não apenas por uma questão de economia, mas também para analisar o custo benefício de cada item.

Sempre considere que o valor muitas vezes pode não ser o mais importante, e sim o lucro e as facilidades que o equipamento vai te oferecer no dia a dia.

Outro ponto muito importante é ter em mente que ao iniciar um negócio, deve-se evitar gastos desnecessários.

Então, é melhor não se empolgar em comprar tantas coisas sem ter certeza de que será útil na rotina do seu restaurante.

Manter os pés no chão é muito importante para que você consiga ter sucesso mais rápido, sem arriscar os seus investimentos.

Cozinha equipada para restaurante.

Planeje o seu marketing

Se você vai abrir um novo restaurante na sua cidade, precisa fazer com que as pessoas saibam disso.

Por isso, é tão importante ter presença na internet. Pense em uma estratégia para fazer o seu público alvo entender a sua proposta e ter vontade de conhecer o seu espaço.

Mas isso não é importante apenas no início, você precisa entender a necessidade do marketing para o desenvolvimento do seu restaurante.

Então, tenha como hábito focar nesse ponto. Você pode cuidar desse fator sozinho, se tiver conhecimento para isso. 

Ou contratar alguém para trabalhar nessa questão. É um investimento que vale a pena, e com certeza fará com que o seu restaurante atinja muitos novos clientes.       

Lembre-se sempre de ter boas imagens dos seus produtos. Fotos com boa qualidade são importantes para usar tanto nas redes sociais, como nos aplicativos de comida.

Sem dúvidas, o cliente sempre se sente mais seguro comprando algo que viu antes. Mas não esquece: A imagem precisa ser fiel ao que você realmente vai oferecer.

Tenha atenção a sua equipe  

Cada membro dentro de um restaurante é importante, portanto, tenha atenção ao contratar seus funcionários.

Dê atenção ao treinamento deles, faça com que cada um entenda que tem grande responsabilidade no desenvolvimento daquele local.

E que além disso, é uma peça chave para o sucesso de todos, e que todos ganham com o bom resultado do restaurante.

Tenha seu capital de giro

É indispensável que você tenha um controle financeiro bem planejado. Para isso, você precisa ter um capital de giro.

Essa reserva serve apenas para suprir as necessidades do seu restaurante. Para garantir que os custos sejam cobertos mesmo que haja atrasos nos seus lucros.

Ele garante por exemplo, o pagamento dos seus funcionários e dos fornecedores.

Estude sobre a burocracia

Antes de abrir qualquer negócio, você precisa ter em mente que precisa atender muitos requisitos. 

Isso porque você precisa de várias inscrições, alvará de funcionamento e licenças para abrir um restaurante, como por exemplo:

  • Registro na Junta comercial do Estado
  • Alvará de localização e funcionamento
  • Inscrição Estadual
  • Auto de vistoria do corpo de bombeiros 
  • Certificado de responsável técnico 
  • Certificado de Limpeza e Desinfecção dos Reservatórios de Água
  • Procedimentos Operacionais Padronizados

Se você seguir todas essas etapas com cuidado, certamente terá altas chances de alcançar o sucesso no seu novo empreendimento.

Agora vamos te dar algumas dicas que vão facilitar muito o seu trabalho nessa nova empreitada.

5 Dicas para montar restaurante e ter sucesso

Novas ideias sempre são importantes para quem está começando. Por isso, reunimos algumas dicas para abrir a sua mente e dar um empurrãozinho na sua nova jornada. 

Então anota aí tudo que você precisa fazer para conseguir se desenvolver mais rápido no seu negócio!

5. Analise a possibilidade de começar como Delivery

Os Deliveries são cada vez mais comuns e com plataformas, como o Ifood, fica ainda mais interessante trabalhar dessa forma.

Se você fizer um bom trabalho no marketing do seu negócio, oferecendo novidades no seu cardápio com promoções interessantes, poderá aproveitar a linha de Deliveries.

Muitos restaurantes começam por esse caminho, assim, acabam conseguindo um ganho de caixa para poder utilizar mais tranquilamente no espaço físico.

É uma possibilidade interessante para quem não quer arriscar e tem pouco para investir.

4. Valorize cada cliente

Se você quer montar um restaurante, precisa entender que mesmo na correria do dia a dia, precisa valorizar o seu cliente.

Isso significa muito mais do que fazer uma boa comida, mas sim, demonstrar que ele é importante para o seu estabelecimento.

Para isso, considere a opinião do seu cliente. Quando tiver uma reclamação ou sugestão, demonstre gratidão pelo feedback e dê um retorno, de preferência em pouco tempo.

Pense em alguma maneira de bonificar o seu cliente, seja através de descontos ou brindes. 

3. A sua presença no restaurante é muito importante

Mesmo que você tenha uma equipe de confiança, é fundamental que esteja presente no seu restaurante.

Seja para resolver conflitos que possam ocorrer, ou para orientar a sua equipe, ainda mais sendo o início do seu negócio, pois coisas podem dar errado nessa fase.

Mas estar disponível não é importante só para resolver esses problemas. Caso não tenha experiência nessa área, precisa pôr a mão na massa .

Somente assim vai aprender a agir sob pressão e adquirir mais bagagem para auxiliar seus funcionários e desenvolver o seu estabelecimento.

Seu negócio estará em uma fase em que precisa fidelizar clientes, e é importante para ele quando tem um contato diretamente com o dono.

Você pode se aproximar para pedir uma sugestão, ou perguntar o que o freguês achou do atendimento e da própria comida.

Assim, ele percebe que tem importância para o seu restaurante, e as chances de voltar são maiores.

2. Inove

Se você quer ter sucesso em qualquer negócio, não fique parado no tempo!

Como já falamos, existem infinitas possibilidades de restaurantes hoje em dia. Se você quer chegar nesse mercado e conquistar seu espaço, inove!

Inovar quer dizer fazer diferente, revolucionar. Independente do modelo gastronômico escolhido, sempre há novidades que ninguém, ou pelo menos, ninguém perto de você, fez.

Uma ideia bem bacana, é em pelo menos um dia da semana, trazer uma proposta diferente para o local, como música ao vivo, por exemplo.

Esse tipo de atividade costuma atrair muitas pessoas, e é um diferencial que pode te colocar na frente dos outros concorrentes.

1. Aceite vários tipos de pagamentos

Muitas pessoas ainda tem a ilusão de que aceitar pagamento a cartão é difícil. Essa é uma ideia errada, tendo em vista que hoje é bem barato oferecer este serviço.

Além de ser prático e você poder adquirir uma maquininha própria, sem aluguel, as taxas cabem no bolso e isso costuma compensar bastante.

Leve em conta que a maioria das pessoas usa cartão, e vender apenas a dinheiro causa muitos outros transtornos, como a necessidade de ter sempre troco disponível.

Agora que você já sabe qual caminho a seguir, dedique-se para pesquisar a fundo tudo que você necessita para iniciar o seu restaurante.

Planejar bastante nesse momento evita que tenha problemas futuros e surpresas desagradáveis nas suas finanças.

Dicas para divulgar seu restaurante