FALE COM CONSULTOR SAIPOS

Restaurante a la carte: O que é?

Clique no banner e veja como montar um cardápio impecável para o seu restaurante!

Restaurante a la carte: O que é?

Se você pensa em montar um restaurante a la carte, saiba que ele é um tipo de estabelecimento que tem como principal característica a vasta variedade de pratos e bebidas. E, consequentemente, um cardápio mais extenso.

Além disso, é claro, trabalha com alimentos feitos na hora e já pré-definidos, que, normalmente são classificados entre: 

  • Entradas;
  • Pratos principais;
  • Acompanhamentos;
  • Sobremesas.  

O termo “à la carte” é de origem francesa e, em português, significa “como está no cardápio

E, ao contrário do que algumas pessoas pensam, esse tipo de restaurante é bem diferente de um self-service. 

Nesse caso, o  tipo de atendimento se diferencia por oferecer uma variedade maior de pratos em que o próprio cliente se serve.

Continue lendo, porque a Saipos vai te explicar tudo sobre o que é a la carte!

1. Como funciona um restaurante a la carte?

Se você deseja abrir um restaurante à la carte é importante saber que este serviço não é tão fácil de administrar. O processo de abertura também é bem diferente de abrir um bar ou uma lanchonete, por exemplo.

Quanto mais pratos você colocar no cardápio, maior será o risco de faltar ingredientes. Sem contar na demanda, já que alguns saem mais do que outros.

A funcionalidade de um restaurante a la carte é bem diferente dos demais tipos. O diferencial mais evidente é em relação ao serviço.

Neste estabelecimento assim é comum um prato esgotar e não poder ser mais servido.

E isso pode acontecer por dois fatores: o restaurante não se preparou devidamente, ou porque a gestão não planejou bem a demanda.

Coisas desse tipo são comuns de acontecer no começo do seu restaurante à la carte. Mas fique atento, clientes não gostam de passar por experiências como estas.

2. Qual o público alvo restaurante a la carte?

O momento de escolher o local adequado para abrir um restaurante a la carte requer bastante planejamento. Isso porque, na maioria das vezes, esse tipo de restaurante tem um valor mais elevado nos pratos.

Nesse caso, o empreendimento deve ser instalado em um ponto que atenda o público desejado.

Assim, já se deve considerar que, dependendo do tipo de comida que irá servir, poderá não fazer sentido abrir nos locais mais movimentados da cidade.

Regiões centrais, onde existe um maior número de trabalhadores, podem ser ótimo para montar um restaurante de macarrão ao vivo, um restaurante caseiro ou um de espetinhos.

No entanto, apostar em  um negócio a la carte pode não ser a melhor opção.

3. Qual a diferença entre restaurante a la carte e self service?

As diferenças entre um restaurante a la carte e um self service, ou prato feito, são bastante fáceis de identificar, pois ambos são bem distintos um do outro.

Um à la carte é onde o cliente escolhe o que comer diretamente no cardápio e o prato é feito na hora.

Todos os pratos deste serviço são pré-definidos e classificados em quatro categorias: entradas, pratos principais, acompanhamentos e sobremesas.

Já os self-service são os famosos buffets livres, ou restaurantes de comida por kilo. São disponibilizadas comidas diversas em uma mesa e cliente mesmo se serve.

Ou seja, pode comer o que quiser e na quantidade que quiser, de acordo com os pratos oferecidos.

Por esse motivo, é fácil reparar que a maioria dos restaurantes a la carte costumam atender um público mais seleto. Isso porque, o valor é mais elevado que o self-service, que é considerado popular.

Como você já percebeu, um restaurante a la carte precisa de um cardápio bem elaborado, e se você tem dúvidas sobre como montar o seu, clique no banner e baixe grátis Como Montar um Cardápio!

Aprenda montar um cardápio para seu restaurante agora mesmo!

4. Dicas de como abrir um Restaurante A La Carte

Quem quer saber como abrir um restaurante à la carte deve fazer um bom planejamento, pois este tipo de investimento requer organização.

Antes de qualquer coisa, é primordial ficar atento a documentação e licenças para abrir restaurante, sem elas você não poderá dar nenhum passo a diante.

Ainda, é importante entender que se você quer montar um restaurante com pouco dinheiro, definitivamente, um a la carte pode ultrapassar muito o seu orçamento.

Outra coisa muito relevante a ser analisada é o tipo de público que quer atingir. Nesta parte, o indicado é fazer uma pesquisa de mercado.

Por ser um restaurante com serviço à la carte, é necessário estabelecer o tipo e estilo de comida que será servida.

Depois de tudo isso ser escolhido, vá em busca da localização. Se optar por fazer abrir um restaurante à la carte mais popular, procure por pontos onde há empresas e comércios.

Mas, se ele for um pouco mais refinado, procure um local perto do centro da cidade, que tenha um estilo mais elegante e aconchegante.

5. Estrutura de um Restaurante a La Carte

A estrutura do seu restaurante à la carte irá depender do tamanho e do número de funcionários dele.

Por este motivo não é possível dar medidas exatas, mas, independente do tipo de restaurante, alguns procedimentos são padrão. Confira:

  • Auxiliar administrativo
  • Auxiliar de cozinha
  • Cozinheiro
  • Garçons
  • Gerente
  • Recepcionista
  • Serviços Gerais.

6. Principais dificuldades de um restaurante a la carte

Por mais que abrir um restaurante a la carte também seja lucrativo, é importante entender que esse tipo de negócio oferece vários desafios.

Algumas questões são menos práticas em um estabelecimento a la carte, e isso envolve uma séria de etapas, como o preparo, a manutenção do estoque e a qualidade da comida.

Antes de escolher essa modalidade, se autoavalie, e descubra se você realmente tem experiência suficiente para dar conta de um negócio que depende de agilidade na entrega dos pratos até as mesas.

Outro ponto importante de ser pensado, é que independente do cardápio ser mais caro ou não, o estoque precisa estar sempre muito bem abastecido.

Isso porque, nada é pior do que não poder servir uma opção que está no menu, por falta de ingredientes. Portanto, para quem está começando, gastar tanto com uma matéria prima que nem se sabe se será bem aceita, é arriscado.

Viu como é preciso planejar muito antes de investir nesse modelo de restaurante? Se as condições foram uma surpresa para você, entenda que existem muitas opções.

Se não é o momento para montar um restaurante a la carte, você pode apostar em um delivery de comida saudável, uma batataria  ou até mesmo um restaurante fitness.

E essas são apenas algumas das tantas opções de negócio na área de alimentação, que não para  de crescer. Boa sorte na escolha e nos negócios!

 

Resumo

Como abrir um restaurante a la carte?

Para saber como abrir um restaurante a la carte é preciso saber o tipo de público que quer atingir.

Por ser um restaurante com serviço à la carte, é bom estabelecer o tipo e estilo de comida que será servida.

E depois de tudo escolhido, é hora de procurar um bom local para abrir o seu restaurante a la carte.

Caso a sua intenção seja montar algo mais refinado, vá em busca de uma localização próxima do centro da cidade, que tenha um estilo mais elegante e aconchegante.

Mas, se ele for um pouco mais popular,procure por pontos onde há empresas e comércios.

 

Como montar um restaurante bistrô?

O segredo é manter o estilo clássico e planejar detalhes que fazem a diferença.

O principal desses detalhes, é o atendimento! Um bistrô precisa cultivar a aproximação dono – cliente, fazendo todos se sentirem em casa.

Esse tipo de restaurante tem características bastante pontuais, por exemplo a simplicidade, unida à elegância, e um clima de casa.

Em um bistrô, o dono circula pelo salão, recepciona os clientes, conversa, e assim acaba estreitando o relacionamento com a freguesia, o que é ótimo para a fidelização dos clientes.

 

Como montar um restaurante de comida italiana?

Para saber como montar um restaurante de comida italiana você vai precisar conhecer bem essa gastronomia e tradição.

Além disso, não pode abrir mão do planejamento financeiro, fornecedores, espaço físico, qualidade dos pratos.

Você pode focar o seu restaurante em apenas um tipo de prato, por exemplo, massas ou até mesmo pizzas.

A cultura italiana envolve mesas cheias, com muito assunto e alto astral, então o clima hospitaleiro precisa ser marca registrada do seu negócio.

Como montar um Cardápio? - Baixe Grátis!