Robinson Shiba – China in Box história

Robinson Shiba dono da Franquia China In Box

O dentista que construiu o maior delivery de comida chinesa do Brasil.Descubra como o empresário  construiu seu patrimônio através de franquias com o China in Box, começando com apenas um restaurante

 

O China in Box é o maior delivery de comida chinesa do Brasil. Fundado por Robinson Shiba, conta com mais de 170 restaurantes espalhadas pelo país, fatura cerca de 300 milhões de reais por ano e emprega mais de 4.500 funcionários.

Um grande império construído com muito trabalho pelo empresário junto com sua família, franqueados e funcionários. Chega a ser difícil imaginar, mas o China in Box começou com apenas um restaurante próprio em 1992. Esse artigo mostra como foi possível crescer tão rápido em pouco mais de 20 anos!

Quem é Robinson Shiba?

Robinson Shiba se tornou um empresário bastante conhecido após participar da primeira temporada do Shark Tank Brasil como investidor. Ele esteve ao lado de investidores como Carlos Wizard Martins (Wizard e Mundo Verde), João Apolinário (Polishop), Camila Farani (Gávea Angels), Cristina Arcangeli (Phytoervas Fashion e beautydrink) e o cantor Sorocaba (Fernando e Sorocaba). Durante o programa ele investiu em empresas como a DDID, QG Food Truck e Moradigna.

Robinson Shiba é descendente de avós japoneses que vieram ao Brasil em busca de uma vida melhor. Assim como milhares de imigrantes que vieram ao país entre os séculos XIX e XX, enfrentaram grandes dificuldades e fizeram o possível para oferecer melhores condições aos seus descendentes.

Os avós de Robinson se estabeleceram em SP e abriram uma loja de materiais de construção que serviu como a “escola de empreendedorismo” para Robinson, que passou sua infância em meio a areia, cimento e brita acompanhando o trabalho do seu avô.

Como Robinson Shiba se tronou Dentista

O pai de Robinson Shiba se tornou dentista, e como filho de peixe, peixinho é, Robinson decidiu seguir a mesma carreira. Formou-se em odontologia e inclusive exerceu a profissão antes de abrir o China in Box.

A comida chinesa apareceu na vida de Robinson Shiba quando ele fez um intercâmbio para os Estados Unidos aos 20 anos de idade e teve uma surpresa logo no início da viagem: foi assaltado! Isso mesmo!

A viagem estava programada para durar dois meses, mas Robinson Shiba se obrigou a encontrar um trabalho para conseguir se sustentar na terra do Tio Sam. E é aí que a história fica mais divertida. Robinson Shiba gostou de trabalhar em um restaurante, percebeu que conseguiria se sustentar sozinho, pediu autorização para o seu pai e estendeu seu intercâmbio pelo período de um ano! Tempo suficiente para absorver uma cultura nova e voltar inspirado para o Brasil!

Início do China in Box

No início dos anos 90 só existia entrega de pizzas no Brasil. Robinson Shiba, cheio de ideias adquiridas em sua viagem aos, percebeu que havia um grande espaço para desenvolver o delivery de comida chinesa por aqui.

Convenceu o seu pai a lhe emprestar o capital inicial para começar, contratou um cozinheiro experiente e abriu o primeiro restaurante da marca em outubro de 1992. O sonho do jovem Robinson era construir 10 lojas próprias. Um plano ousado, mas ainda modesto comparado ao que construiu!

Comida chinesa tinha uma fama ruim no Brasil em função da falta de cuidado de muitos restaurantes com higiene e limpeza. Para contornar esse estigma negativo, Robinson Shiba atacou o problema oferecendo um ambiente limpo, funcionários uniformizados e cozinha aberta aos público.

Essa conquista de confiança aliada a qualidade dos pratos e campanhas de marketing inteligentes foram fundamentais para iniciar o trabalho com franquias.

Robinson Shiba é um líder que soube vender o seu sonho primeiro ao seu pai, depois para o seu primeiro funcionário e posteriormente aos seus franqueados. Para Robinson Shiba, honra e valores valem mais do que capacidade na hora de escolher as pessoas que deseja ter na empresa. “Capacidade se constrói, enquanto princípios ou tem, ou não tem”.

Franquia de Sucesso – Como chegar tão longe?

Em questão de 2 anos Robinson Shiba começou a vender franquias e foi uma loucura. Em 1996, quatro anos após o início, o China in Box já contava com 60 restaurantes da marca operando! Um crescimento muito rápido e que exigiu muita disciplina, empenho e organização. A título de curiosidade, o primeiro cozinheiro que acreditou na promessa de Robinson Shiba hoje é dono de 5 franquias da China in Box. Nada mal, não é mesmo?

Robinson Shiba defende que a marca China in Box é o maior patrimônio da empresa

O trabalho de branding e publicidade foi fundamental para o crescimento acelerado da rede de franchising. A empresa realizava anúncios na televisão aberta, inclusive durante jogos da seleção brasileira! Na época, a melhor maneira de impactar seus potenciais clientes.

Crescer através de franquias foi um modelo que possibilitou acelerar o crescimento e promover novos empreendedores. Entretanto, esse modelo é bastante complexo! o China in Box precisou “trocar o pneu com o carro andando” para conseguir organizar os processos, definir indicadores e controlar os números da empresa.

O próprio Robinson  Shiba afirmou que essa foi uma das etapas complexas da empresa. O lado bom é que ele soube encontrar pessoas que lhe ajudaram a organizar a casa e fornecer aos franqueados melhores ferramentas e processos.

Perspicácia, capacidade de execução e confiança no time são elementos fundamentais que levaram Shiba a conquistar o sucesso com o China in Box. Com certeza muita gente já tinha visto comida chinesa nos Estados Unidos e pensou em construir uma rede de restaurantes, mas foi Shiba quem arremangou as mangas, colocou a mão na massa e montou o seu restaurante. 

Robinson Shiba  sobre a Visão de futuro

“A geração y vive em dois mundos: real e virtual. Nós, que trabalhamos no mundo real, precisamos nos inserir ao mundo virtual”

Essa frase de Robinson Shiba explica um pouco da visão de futuro do empresário. Estima-se que 30% do faturamento do China in Box venha de pedidos online. A franquia recebe pedidos em sites como o iFood, e também pelo aplicativo desenvolvido exclusivamente para a marca. 

O China in Box hoje pertence ao grupo TrendFoods, que também é responsável pelos fast food de comida japonesa Gendai. Shiba espera dobrar o número de lojas nos próximos 5 anos e, perguntado sobre o que ele define como sucesso, é bem enfático: “Sucesso não é dinheiro, é a realização de um sonho. Eu não quero faturar 1 bilhão de reais. Eu quero que 400 famílias (de franqueados) realizem o seu sonho”.

Nota do editor

E aí, gostou do artigo? Pronto para tornar o seu restaurante um sucesso? Temos um blog cheio de conhecimento para te ajudar a chegar lá! Nós da Saipos estamos trabalhando para ajudar empreendedores que, como você, trabalham com alimentação. Nosso objetivo é te dar uma mão para você fazer uma gestão eficiente do seu restaurante. Estou aqui para lhe ajudar e um dia contar a sua história de sucesso em nosso blog!

Para finalizar, separei 10 aprendizados que eu tive pesquisando sobre o Robinson Shiba. Analise se você está no caminho certo e olhe para o seu negócio com os olhos de um empresário vencedor!

1. Busque tendências fora do mercado que você atua;
2. Crie uma marca forte que impacte os seus clientes;
3. Resolva os problemas crônicos do seu mercado;
4. Venda o seu sonho e traga gente boa para viver esse sonho com você;
5. Encontre maneiras de escalar a sua empresa;
6. Mão na massa, nada se constrói sozinho;
7. Para crescer, é necessário estar atento aos número;
8. Perceba as mudanças de comportamento dos seus consumidores e se adapte;
9. Princípios e valores valem mais do que capacidade;
10. Se errar, volte atrás sem orgulho e aprenda com o erro;

Um forte abraço e mão na massa!

Conheça o sistema ideal para o seu restaurante