QUERO FALAR COM CONSULTOR

Uber Eats testa taxa grátis de entrega

Alguns usuários estão sendo convidados para testar Uber Eats Mais, que oferece taxa gratuita de delivery por três meses

Conteúdo Tecnoblog- Alguns usuários estão sendo convidados para experimentar um novo serviço chamado Uber Eats Mais, que oferece entrega grátis de comida por três meses em pedidos acima de R$ 15.Trata-se de um teste para o que deve se tornar um serviço de assinatura, concorrendo com Rappi e iFood.

Para participar do Uber Eats Mais, é necessário receber um convite por e-mail. Após confirmar sua inscrição no programa, todo pedido acima de R$ 15 feito através da plataforma terá entrega gratuita.

É possível entrar nesse programa entre 16 de abril e 1º de maio; feito isso, o usuário recebe 90 dias de delivery grátis a partir da data de inscrição.

O Uber Eats Mais é totalmente gratuito nesta fase de testes: quando acabar o prazo de três meses, não haverá nenhuma cobrança nem renovação automática.

A empresa também avisa que “o programa pode ser encerrado previamente ou estendido por decisão do Uber Eats”.

Vale notar que o Uber Eats Mais não é cumulativo com outras promoções que usem cupons de desconto. Se você quiser usar um cupom — para abater R$ 10 do pedido, por exemplo — a entrega será cobrada normalmente.

Para voltar a usar a entrega grátis, basta ativar o código “ProgramaEatsMais”; lembrando que isso vale apenas para usuários convidados a participar do programa.

Uber Eats vai concorrer com iFood Plus e Rappi Prime

O Uber Eats está preparando uma resposta aos seus concorrentes no Brasil. O Rappi Prime foi lançado em 2017 e zera o frete em todas as entregas para compras com cartão de crédito ou PayPal.

Além disso, o cliente não paga “tarifa dinâmica” à noite ou quando estiver chovendo. Ele custa R$ 19 mensais ou R$ 150 ao ano.

Temos também o iFood Plus, ainda em fase de testes, que zera a taxa de entrega para todos os pedidos. Ele oferece três meses gratuitos, e depois cobra R$ 9,90 ou R$ 19,90 mensais dependendo da cidade.

A assinatura está disponível para usuários selecionados em São Paulo, Rio de Janeiro, Porto Alegre e outros locais.

Os testes do iFood Plus começaram em dezembro de 2018 e continuam até hoje; o serviço ainda não foi lançado oficialmente.

Baixe o e-book de Dicas para Melhorar o Atendimento